GRUPO PATAMAR CORP - SUCURSAL EM PORTUGAL
AVENIDA DOUTOR ANTUNES GUIMARÃES, 178 4100-073 Porto Porto, Portugal
226104121 226109450 geral@patamar.pt PATAMAR, MARKETITUR, MIDAS. 449117364
José Miguel Gomes Monteiro
17-04-2012
Porto
5 1
980471877
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

Notícias

Apenas 400 pessoas podem passar a noite nesta ilha: é um pequeno paraíso

A poucos minutos da vila, a praia de Ned oferece opções para a prática de snorkeling e uSe procura um destino intocado e sem multidões, a ilha de Lorde Howe, na Austrália, pode ser a solução para si.
No Mar da Tasmânia, a 600 quilómetros do continente australiano, a ilha de Lorde Howe é habitada por cerca de 380 pessoas. Não é fácil passar férias neste pequeno paraíso – por noite só é permitida a estada de 400 viajantes.

Em 1982, a ilha foi distinguida pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. Foi a forma encontrada para reduzir ao máximo a intervenção humana e preservar a sua genuinidade e riqueza ecológica.

Graças ao número restrito de acomodações e à capacidade aérea limitada, uns dias nesta ilha do Pacífico podem não ser baratos, mas a descontração é garantida. Em Lorde Howe, existem apenas 400 camas turísticas licenciadas que estão distribuídas por uma pequena quantidade de hotéis e alojamentos de bed and breakfast.

Esta restrição turística foi colocada para proteção do delicado ecossistema da ilha, que é fundamental na preservação de várias espécies em vias de extinção – desde aves exclusivas a plantas nativas.

Com ligação limitada à internet e sem qualquer sinal de telemóvel, esta ilha é perfeita para passar uns dias em total isolamento do mundo.



Imergindo do Oceano Pacífico, a ilha de Lorde Howe foi formada há mais de 7 milhões de anos devido a atividade vulcânica de um ponto quente terrestre. Acabou por ser descoberta em 1788 pelo comandante britânico Henry Lidgbird Ball.

Percorrendo a sua paisagem natural, poderá encontrar cavernas e grutas, duas sublimes montanhas, uma lagoa com águas cristalinas, vários percursos pedestres e praias até perder a conta. Tudo isto em 14,55 quilómetros quadrados de paraíso.

O ambiente da ilha é ideal para a prática de snorkeling e mergulho, assim como para experimentar desportos aquáticos como o surf, o windsurf ou o stand-up paddle. Pode ainda percorrer a floresta tropical de Valley of the Shadows ou alimentar peixes na praia de Ned.

Se quiser descobrir este pequeno paraíso, há voos de Lisboa e do Porto para a Austrália. Para chegar à ilha de Lorde Howe, basta apanhar um voo diário a partir de Sydney ou ao fim de semana com partida de Brisbane. Para mais informações, consulte o site oficial da ilha de LordeHowe.m programa para a alimentação da vida marinha.
LER +
destaque
destaque

ACESSIBILIDADE AO ALGARVE NÃO VAI SER AFETADA COM ENCERRAMENTO DA BASE DA RYANAIR, DIZ PRESIDENTE DA REGIÃO


A Ryanair vai encerrar a base de Faro em janeiro de 2020, e despedir cerca de 100 trabalhadores, revelou à Lusa a presidente do sindicato dos tripulantes.
Contactado pela agência noticiosa, o presidente do Turismo do Algarve disse que, a confirmar-se esta informação, a acessibilidade à região não vai ser afetada, uma vez que a operação da companhia aérea vai ser mantida.
O que, na opinião de João Fernandes, irá acontecer é um reajustamento das rotas, para que a tripulação da Ryanair não tenha de pernoitar em Faro, como acontece atualmente, mas “não está em causa a operação”.
“Há no entanto a lamentar a perda de emprego qualificado na região”, salientou João Fernandes, esclarecendo que há cerca de 100 trabalhadores da Ryanair fixados em Faro na altura do inverno e mais de 200 durante o verão.
O presidente do Turismo do Algarve relembrou que as companhias aéreas ‘low cost’ têm uma representação significativa no aeroporto da região.
Só a Ryanair representa “quase 30% do ‘share’ do aeroporto de Faro”, segundo João Fernandes.
De acordo com a presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), Luciana Passo, a comunicação foi feita por uma diretora de recursos humanos da Ryanair que esteve em Faro para anunciar o encerramento.
Contactada pela Lusa, a Ryanair recordou o comunicado de 16 de julho, em que indicava que “algumas das bases da empresa serão reduzidas ou fechadas este inverno”.
Estas conversações, de acordo com a Ryanair, estão a realizar-se nas bases afetadas e não irão implicar corte ou redução de rotas.
A presidente do SNPVAC defendeu que “importa agora saber quais os contratos que Ryanair fez com o Governo, que benefícios teve e se valeu a pena” e lamentou que a greve possa ser usada para justificar este encerramento.
Recorde-se que os tripulantes da Ryanair anunciaram uma greve entre 21 e 25 de agosto, em protesto para que seja cumprida a legislação laboral portuguesa.
LER +

ALGARVE NATURE FEST PROPÕE ATIVIDADES GRATUITAS NA NATUREZA

A 21 e 22 de setembro, a cidade de Olhão vai receber a Algarve Nature Fest, iniciativa que vai colocar o património natural da região do Algarve em evidência, convidando turistas e visitantes a participarem numa série de atividades gratuitas e em contacto com a natureza.

“Caminhadas, passeios de barco, birdwatching, batismo de mergulho e vela, stand up paddle e BTT são algumas das atividades que fazem parte do Algarve Nature Fest, um festival inteiramente dedicado ao turismo de natureza, promovido pela Região de Turismo do Algarve (RTA) em parceria com o município de Olhão”, refere a RTA, numa nota enviada à imprensa.

O Algarve Nature Fest, cuja assinatura é “Trata a natureza por tu está”, vai decorrer no Passeio Ribeirinho de Olhão e o programa completo do evento está já disponível online, através do site www.algarvenaturefest.pt, sendo todas as atividades gratuitas, ainda que algumas obriguem a inscrição prévia.

O evento, que é uma evolução do conceito da Algarve Nature Week, conta com Nuno Markl, Vasco Palmeirim e Joana Schenker como embaixadores, e resulta da parceria da RTA com a Câmara Municipal de Olhão, a CP – Comboios de Portugal, a PSP e a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares – Algarve.

“O Algarve Nature Fest insere-se num conjunto de projetos que a RTA tem vindo a organizar e apoiar nos últimos anos, de forma a afirmar a região noutras áreas de interesse, a alterar perfis de consumo e a distribuir a procura ao longo do ano e do território. Trata-se de uma aposta clara no produto de turismo de natureza para quem quer desfrutar tranquilamente do contacto com o mundo natural algarvio”, considera João Fernandes, presidente da RTA.
LER +
destaque
destaque

LUGGAGEHERO CHEGA AO PORTO

A LuggageHero, rede de depósitos de bagagens, já está presente na cidade do Porto, onde passaram a estar disponíveis 30 pontos de entrega e recolha de bagagens, com a empresa a contar vir a disponibilizar, no futuro, “muitos mais”.

“O Porto é uma peça muito importante para a expansão da LuggageHero na Europa, e o número de turistas em constante crescimento é uma demonstração disto. O Porto é uma cidade a não perder para qualquer turista que queira conhecer Portugal e estamos orgulhosos em poder finalmente oferecer o nosso serviço nesta cidade maravilhosa”, refere Jannik Lawaetz, fundador e CEO da LuggageHero.

A LuggageHero permite que os utilizadores guardem as suas bagagens enquanto viajam, libertando tempo para explorarem a cidade, sendo apenas necessário aceder ao site luggagehero.com, encontrar uma loja, café ou estabelecimento autorizado, reservar espaço e depositar a bagagem.

“Estes pontos de guarda de volumes estão convenientemente localizados perto dos grandes pontos turísticos, em bairros bastante movimentados e perto de grandes centros de transporte. Os volumes são protegidos com um selo inviolável e cada um tem cobertura de seguro até 2.500 euros”, explica a LuggageHero, em comunicado enviado à imprensa.

A LuggageHero foi nasceu em 2016, na Dinamarca, mas já está presente em Lisboa e em mais de 20 cidades do mundo, incluindo Nova York, Londres, Madrid e Berlim, num total de 1000 pontos de entrega e recolha de bagagens, e conta já com mais de um milhão de horas de bagagens guardadas.

Guardar a bagagem num dos pontos da LuggageHero tem um preço de um euro por hora, até um máximo de oito euros por dia, por volume e no primeiro dia, a que se junta uma comissão de dois euros para handling. O processo é cash-free, e nos valores referidos está já incluído o seguro, assim como os selos de segurança para as malas.

Durante o verão, a empresa tem em vigor uma promoção, em que oferece duas horas grátis para guardar a bagagem, através do código 2HERO.

Mais informações em https://luggagehero.com/porto/.
LER +

VÁRIAS OFERTAS PARA O FIM-DE-ANO

A sua programação para o Fim de Ano 2019/2020 com várias ofertas disponíveis.

Neste momento, temos disponiveis ofertas para a Madeira, com o já habitual Circuito da Madeira de 5 dias em Tudo Incluído, bem como estadias na Ilha de quatro, cinco ou seis noites, estadias de quatro ou cinco noites no Dubai, três noites em cidades europeias como Budapeste, Veneza, Praga ou Florença, algumas com jantar de fim de ano incluído, quatro noites em Istambul e ofertas de praias e combinados no Brasil para Fortaleza, Natal, Recife, Salvador da Bahia e Rio de Janeiro.
LER +
destaque
destaque

CONVENTO DE SÃO PEDRO DAS ÁGUIAS VAI SER TRANSFORMADO EM HOTEL

A Quinta do Convento de São Pedro das Águias, uma das mais antigas quintas do Douro, localizada no Vale do Távora, adquirida pelo enófilo alemão Christoph Kranemann, vai contar com um empreendimento vitivinícola e de enoturismo: a Kranemann Wine Estates.
Este projeto representa, numa primeira fase,
um investimento de 12 milhões de euros, para aposta em vinhos DOC Douro, Porto e enoturismo, dinamizando a economia local e criando, pelo menos, 50 empregos diretos. Os primeiros vinhos acabam de ser lançados no mercado; em marcha está o projeto de recuperação do Convento de São Pedro das Águias, construção originária do séc. XII, que será valorizada enquanto unidade hoteleira.
O futuro hotel vai disponibilizar 25 quartos, que vão resultar da recuperação e valorização do convento existente.
LER +

Marraquexe para o Réveillon

Marraquexe para a passagem de ano, para partidas a 29 de Dezembro, preços a partir dos 568 euros por pessoa, num programa de três noites.

O programa com voos desde Lisboa e Porto está a ser distribuído pela rede nacional de agências de viagens.

O programa inclui passagem aérea Lisboa ou Porto / Marraquexe / Lisboa ou Porto em classe económica com direito a 1 malas de bagagem de 20 kgs; transporte aeroporto – hotel – aeroporto; estada de 3 noites no hotel e regime indicado; Seguro ; taxas de aeroporto, segurança e sobretaxa de combustível.

Nota: os valores indicados são válidos para reservas até 31 de Julho e estão sujeitos à disponibilidade dos hotéis e avião.
LER +
destaque
destaque

Portugueses preferem o Algarve e Europa como destinos de férias

Os hábitos e os comportamentos dos portugueses para as férias de verão voltaram a ser analisados pelo Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM).

De acordo com o estudo, os portugueses valorizam a praia (52%) e preferem o Algarve (48%), enquanto 34% opta por viajar para a Europa. Preferindo, na maioria, duas semanas de férias na época de verão (58%) e incidindo no período de julho a setembro (85%), os portugueses prevêem gastar 712€ durante este período.

Na selecção das férias, a pesquisa online continua a ter um papel preponderante na procura do local, tipo de alojamento e viagem de férias para a maioria da população inquirida (67%).

De acordo com o estudo do IPAM, os portugueses têm maior conhecimento da variedade de tipo alojamentos, sendo de destacar os hotéis (29%), aluguer temporário de casa (21%) e o alojamento local (20%).

Relativamente aos gastos financeiros alocados às férias de verão, para este ano a maioria dos portugueses prevê gastar 712€, uma estimativa que tem vindo a evoluir desde 2017 (700€). Os portugueses optam pela utilização do subsídio de férias, pois de acordo com o estudo este é utilizado parcialmente por 54% da população inquirida, um valor que cresceu face aos 49% de 2018.

A maioria dos portugueses, 73% dos inquiridos, vai sair do local habitual de residência, durante o período de férias, embora a maioria preveja ficar em Portugal (61%).

No que diz respeito aos destinos de eleição, o Algarve é a região nacional mais procurada, eleita por 48% dos inquiridos, seguida pelo Alentejo Litoral (29%) e Norte Litoral (13%). Os restantes dividem-se pelo interior (Norte e Alentejo) e centro do país. O preço e a promoção foram assinalados como relevantes para 27% dos inquiridos quando questionados pela escolha do destino.

A opção dos portugueses que prefere viajar para fora do país recai na Europa, escolhido por 34%, sucedido por África, 4%, e América do Sul, 2%.

O estudo do IPAM identifica ainda que o verão é a época seleccionada pela maioria dos portugueses (85%) para umas férias mais longas. Os que não gozam férias neste período alegam motivos profissionais (55%) e a preferência por épocas do ano com menos movimento (45%).

Os últimos anos foram marcados por uma situação de crise económica e financeira com consequências em diversas áreas do consumo.

As férias fora de casa, as viagens para fora do país foram afectadas pelas restrições existentes, tendo surgido alterações nos anos mais recentes na abordagem mais restritiva ao consumo.
LER +

HOTEL QUINTA DA MARINHA RECEBE ONYRIA SUMMER PARTY A 2 DE AGOSTO

A já habitual Summer Party do Grupo Onyria está agendada para o próximo dia 02 de agosto, no hotel da cadeia em Cascais, o Hotel Quinta da Marinha Resort. Este ano, a 9ª edição desta festa vai ser ao ritmo de música brasileira: Samba & Bossa Nova.

“A tão esperada festa de verão da Linha de Cascais, este ano, chega com um sabor tropical em homenagem à praia de Copacabana e aos ritmos brasileiros que vão estar por lá para animar todos os que gostam de dançar ao som do Samba e Bossa Nova, e numa envolvência especial, no meio da natureza, proporcionada pela localização privilegiada do Hotel Quinta da Marinha Resort”, lê-se no comunicado de imprensa do grupo.

A entrada na festa de verão garante “música, diversão e um jantar buffet servido com a qualidade diferenciada a que o hotel já habituou os seus clientes”.

As reservas para a festa de verão (aberta ao público) estão disponíveis na receção do Hotel Quinta da Marinha Resort através de contacto telefónico (214 860 100), pelo valor de 50 € por pessoa, com tudo incluído. As crianças até aos 3 anos não pagam e, entre os 4 e os 11, pagam apenas metade do valor.

HQMR SUMMER PARTY_MENU 2019
LER +
destaque
destaque

REPÚBLICA DOMINICANA REGISTA RECORDE DE TURISTAS EM CRUZEIRO NOS PRIMEIROS MESES DE 2019


A República Dominicana recebeu, nos dois primeiros meses de 2019, um total de 399.169 turistas em navios de cruzeiro, número que traduz um crescimento de 13,85% face a igual período do ano passado, o que corresponde a um novo recorde nesta ilha das Caraíbas.

De acordo com os dados revelados pelo Relatório Mensal da Direção de Cruzeiros do Ministério do Turismo da República Dominicana (MITUR), o país recebeu mais 38.790 visitantes em navios de cruzeiro do que nos dois primeiros meses de 2018, quando o número global tinha sido de 360.379 turistas.

“O ritmo de crescimento parece manter-se, uma vez que só na primeira semana de março, chegaram 11 navios e iates de luxo a Puerto Plata e La Romana, sendo responsáveis pela entrada de 41 mil visitantes”, acrescenta o Turismo da República Dominicana, em comunicado enviado à imprensa.

Puerto Plata é o principal destino de cruzeiros da República Dominicana, tendo recebido, entre janeiro e junho, um total de 99 navios, o que corresponde 427.470 turistas, o que traduz um aumento de 120.563 chegadas face ao primeiro semestre do ano anterior, de acordo com a informação avançada pelo vice-ministro do Turismo, Julio Almonte.

O responsável político recorda que o investimento no turismo de cruzeiros tem sido uma aposta bem-sucedida, uma vez que, desde 2012, o país já recebeu 42 milhões de turistas em navios de cruzeiro.

“Neste período, a República Dominicana recebeu 44.900 milhões de dólares por via do turismo de cruzeiros. O investimento direto anda na ordem dos 207 milhões de dólares e já foram criados mais de 500 mil postos de trabalho”, acrescenta Julio Almonte, citado no comunicado do Turismo da República Dominicana.

O turismo é a principal fonte de receita da República Dominicana, que somou mais de sete mil milhões de dólares em 2017, o que representa 38% do total das exportações.

LER +

Angola recebe primeiro comboio turístico

No dia 26 de Julho Angola recebe aquele que é o primeiro comboio turístico. proveniente de Dar Es Salaam, na Tanzânia, trará mais de 100 turistas estrangeiros que ficarão no país durante oito dias. Este é um itinerário promovido pela Rovos Rail, uma empresa sul-africana.

A viagem é distribuída em dois grupos. O primeiro chega via pela fronteira do Luau e é constituído por 53 turistas de nacionalidades norte-americana, suíça, australiana, belga, neozelandesa, holandesa e sul-africana. Segundo informações disponibilizadas por responsáveis do Ministério da Hotelaria e Turismo de Angola e pela coordenadora da Benguela Turismo, Rebeca Barreiros, o preço do pacote turístico associado variou entre os 12 mil e os 25 mil dólares.

O segundo grupo (de 54 pessoas) chega a Luanda por via aérea, onde permanece por alguns dias antes de seguir viagem para Benguela, terminando depois em Dar Es Salaam.

Este é um ano experimental, segundo Rebeca Barreiros, que acrescentou que estão previstas duas viagens para Julho de 2020 e 2021. Segundo a responsável a adesão tem sido boa, com um dos trajectos (em 2021) já totalmente vendido a dois operadores (australiano e neozelandês).

Face a esta situação Rebeca Barreiros acrescentou que o país está a equacionar outros itinerários, nomeadamente a partir de Lobito.

As carruagens, recuperadas de comboios que estiveram em circulação na África do Sul, foram todos recuperados, “com a mesma característica, o mesmo ‘design’, o mesmo ‘layout’, ou seja, vai buscar um bocadinho o ‘glamour’ dos comboios antigos, o Sud Express, por exemplo, que havia antigamente em Istambul e Paris”, referiu a coordenadora da Benguela Turismo. O que faz com que o comboio se assemelhe a um hotel de cinco estrelas, orientado para um segmento de alto turismo.
LER +
destaque
destaque

A TAP inaugurou na passada quarta-feira (03) a sua nova rota que liga Lisboa a Conacri com três voos por semana.

Os voos da TAP partem de Lisboa às quartas, sextas e domingos às 19h15, com chegada a Conacri às 22h55 e, no sentido inverso, partem da capital da Guiné Conacri às 23h45 dos mesmos dias da semana, com chegada à capital portuguesa às 05h10 (horas locais) do dia seguinte.

Os voos entre Lisboa e Conacri estão disponíveis desde 299 euros (ida), com todas as taxas incluídas. Para os Clientes TAP Miles & Go, as viagens para Conacri estão disponíveis a partir de 23.500 milhas, one-way

Conacri é um dos grandes centros urbanos da África Ocidental, onde o ideal é deixar-se levar pelo espírito algo caótico da cidade. Não muito longe, é fácil encontrar verdadeiros paraísos. As Îles de Los – do português “Ilhas dos Ídolos” – são a opção mais fácil de fugir do caos urbano. Num estado quase selvagem, as ilhas oferecem paisagens que incluem florestas verdejantes e praias incríveis.

Os voos da TAP partem de Lisboa às quartas, sextas e domingos às 19h15, com chegada a Conacri às 22h55 e, no sentido inverso, partem da capital da Guiné Conacri às 23h45 dos mesmos dias da semana, com chegada à capital portuguesa às 05h10 (horas locais) do dia seguinte.

Os voos entre Lisboa e Conacri estão disponíveis desde 299 euros (ida), com todas as taxas incluídas. Para os Clientes TAP Miles & Go, as viagens para Conacri estão disponíveis a partir de 23.500 milhas, one-way

Conacri é um dos grandes centros urbanos da África Ocidental, onde o ideal é deixar-se levar pelo espírito algo caótico da cidade. Não muito longe, é fácil encontrar verdadeiros paraísos. As Îles de Los – do português “Ilhas dos Ídolos” – são a opção mais fácil de fugir do caos urbano. Num estado quase selvagem, as ilhas oferecem paisagens que incluem florestas verdejantes e praias incríveis.
LER +

Revisitar Cuba é sempre uma aventura. E visitá-la pela primeira vez é uma verdadeira experiência que dificilmente desaparecerá das nossas memórias. Quem não tem a ideia romântica deste país das Caraíb

Idílico
É ainda do ar que nos maravilhamos com as paisagens com que Varadero nos presenteia. As suas praias de areia branca e o mar, onde o azul turquesa prevalece, destacam-se no horizonte. Nos últimos anos, Varadero tem sido um dos destinos de aposta de férias dos portugueses e, nesta visita, pudemos comprovar as razões que motivam uma viagem de cerca de oito horas de avião.
A península de Varadero apresenta uma extensão de 25 quilómetros e quase 23 quilómetros de praia natural. Só nesta região existem cerca de 50 unidades hoteleiras, com características para todo o tipo de cliente e gostos.
Para quem procura o verdadeiro conceito de férias de ‘dolce fare niente, são diversas as unidades hoteleiras ideais para tal. A que experienciámos, o Meliá Internacional, o mais recente resort de Varadero, também. O sistema de Tudo Incluído, apoiado pelos diversos restaurantes do resort (ler caixa) e pelos funcionários sempre atenciosos, promete fazer as delícias desde os mais pequenos aos graúdos. Mas as férias ativas também aqui têm lugar, com as mais diversas atividades disponíveis sempre apoiadas pela equipa de animação do cinco estrelas, seja nas piscinas ou na sua extensa praia.

Varadero pode ser o verdadeiro destino de resort, se o cliente assim o quiser, mas avisamos, é um erro não explorar as vizinhanças e a própria cidade de Varadero. Cada unidade hoteleira tem a sua praia e, acredite, é difícil escolher qual delas a melhor. Garantimos que a qualidade da água e respetiva temperatura (fator crucial) é similar em todas e a areia branca e fina, que nos ofusca os olhos em dias solarengos, também. Aqui, o sargaço não faz parte da paisagem, nem vai estragar a estada no destino. Pelo menos para já.
Mas existe muito mais para fazer do que apenas desfrutar das regalias que as unidades hoteleiras nos oferecem. Uma delas é a visita ao Delfinário de Varadero, a apenas oito quilómetros do Meliá Internacional. O contacto e interatividade com estes incríveis mamíferos no seu habitat natural garantem uma experiência arrebatadora e capaz de cativar até o turista mais sisudo. Visitar a Fiesta Campesina, que se trata de uma criação de crocodilos, ou uma plantação de cana de açúcar, onde se pode provar o sumo de cana de açúcar, chamado de guarapo, e ficar a conhecer como se produz o famoso rum cubano, são também outras possibilidades. Contudo, com tanto mar em redor, o ideal é um passeio de catamarã pelas águas cristalinas das Caraíbas, com possibilidade de observar golfinhos, de fazer ‘snorkeling’ numa barreira de corais ou de desfrutar um dia de praia no Cayo Blanco.
Para enriquecer as férias com um pouco de história e cultura, há a possibilidade de fazer-se o passeio no qual se visitam três emblemáticas cidades de Cuba: Santa Clara, Trinidad e Cienfuegos.


Foram 15 os agentes de viagens que participaram nesta viagem de familiarização

É em Santa Clara, no interior de Cuba, que se encontra o memorial de Ernesto Che Guevara, local de repouso dos seus restos mortais. Este monumento é a homenagem do povo de Cuba aos feitos do El Comandante e aos seus companheiros da epopeia boliviana. Uma pequena exposição mostra objetos pessoais do carismático argentino, como a sua eterna boina, e conta toda a sua história, desde o nascimento até à sua inglória expedição à Bolívia, prestando tributo à sua importância na revolução cubana. A escolha de Santa Clara deve-se ao facto de ter sido palco de muitos acontecimentos da revolução, nomeadamente o assalto ao comboio que transportava armamento do regime.
Património Mundial da UNESCO, Trinidad fica na província de Sancti Spíritus. Diz quem a visita, que é lugar imperdível, sendo uma das cidades mais características de Cuba, onde se respira ainda o espírito colonial através dos edifícios que remontam aos séculos XVIII e XIX. Já Cienfuegos, denominada a pérola do sul de Cuba, é um dos principais portos do país e um importante ponto comercial de plantação de cana-de-açúcar.
Existe também a possibilidade de se fazer uma excursão de um dia a Havana que fica a 144 quilómetros de distância, mas acredite, vai saber-lhe a pouco. Havana é um destino demasiado apaixonante para ser vivido num único dia, sendo duas noites o mínimo recomendável. Estas opções estão disponíveis nos recetivos locais, como a Cubatur ou a Gaviota Tours.

Ainda em Varadero
Todos os hotéis têm animação noturna nos seus bares, como também o apresenta o Meliá Internacional. Contudo, sugerimos uma ida ao centro de Varadero, ao bar Calle 62, para vivenciar a verdadeira noite da cidade.
Mas não se pode ir embora de Varadero sem uma verdadeira experiência gastronómica. Na vila de Santa Marta, vai descobrir o Terraza Cuba, um restaurante onde pode desfrutar-se os sabores locais, como ‘ropa vieja’ ou marisco de toda a espécie com um toque requintado. Com preços incrivelmente surpreendentes, neste restaurante, que está aberto todos os dias a partir das 11h30 da manhã, pode-se ainda experienciar o verdadeiro charuto cubano.

Havana, Oh La La

O Hotel Nacional é um ícone de Havana.

2019 é o ano obrigatório para se visitar a capital de Cuba. É neste ano que a cidade celebra o 500º aniversário da sua fundação, concretamente a 16 de novembro. Havana foi, à semelhança de Baracoa, Bayamo, Santiago de Cuba, Camagüey, Sancti Spiritus e Trinidad, uma das sete primeiras vilas fundadas pelos espanhóis na altura da colonização da ilha. Até novembro, a agora capital cubana promete ter uma agenda preenchida de eventos para comemorar esta efeméride.
Para quem vem pela primeira vez, Havana é a verdadeira cidade-museu, retirada de um qualquer filme de outros tempos, hoje palco de películas mais contemporâneas e velozes. ‘La Habana’ continua a apaixonar pela sua dinâmica que está cada vez mais rejuvenescida. Para quem repete a experiência, a capital cubana é agora uma cidade que começa a acompanhar os tempos modernos, no entanto, mantém-se maravilhosamente crua e visceral em todos os seus aspetos. Mais limpa, com os seus edifícios a ganhar novamente vida, Havana mantém a sua arte de seduzir, seja pelos ritmos que ecoam nas suas ruas, seja pelos aromas ou pela sua gente, ao bom estilo ‘habanero’.
É na zona nova da cidade que vemos os sinais de rejuvenescimento. Edifícios que se vão tornar novas unidades hoteleiras, outros que vão ser museus, como o museu dedicado à música cubana a ser construído na Praça José Martin. Mas o verdadeiro espírito ‘habanero’ respira-se e sente-se em cada esquina de Habana Vieja. Pelas ‘calles’ de Havana ecoam os sons dos conjuntos musicais que, numa qualquer esplanada, nos aliciam a também nós entrarmos nos ritmos ‘calientes’ da música cubana, refrescando-nos um mojito, cubata ou cuba libre.
As praças mais concorridas e emblemáticas de Havana, do ponto de vista histórico e não só, como a Plaza de la Catedral, a Plaza de Armas ou a Plaza Vieja, são também elas lugares onde podemos respirar a história da cidade, mas sobretudo a vivência dos seus habitantes. Algo curioso da simplicidade da cidade é que estas servem de salões polivalentes improvisados para as aulas de educação física dos mais novos.


O Capitólio Nacional já recebe visitas, à exceção da sua cúpula.

Nesta zona da cidade encontramos alguns lugares de paragem obrigatória, como o Bodeguita del Médio, famoso pelos seus mojitos, ou o Hotel Ambos Mundos, residência de Ernest Hemingway antes de ter adquirido uma quinta fora de Havana para ser sua residência, a Finca Vigía. No topo do hotel pode-se desfrutar de uma vista de 180º sobre Habana Vieja. É notória a passagem do Prémio Nobel da Literatura por alguns dos locais imperdíveis da cidade, como por exemplo no Floridita. Perto do Parque Central e junto ao mais luxuoso hotel de Havana, o Gran Hotel Manzana Kempinski La Habana, o Floridita é de visita obrigatória, como também é obrigatório experimentar o daiquiri que conquistou Hemingway. O novo hotel de luxo de Havana é também ele de visita obrigatória, sobretudo para desfrutar a paisagem arrebatadora com o Parque Central e o Capitólio Nacional de Havana de fundo. Este emblemático edifício foi alvo de uma profunda remodelação, estando ainda a respetiva cúpula a terminar a recuperação, mas já é passível de ser visitado.
Para ter uma perspetiva geral da cidade de Havana, sugerimos uma subida ao Castelo dos Três Reis Magos, um morro que serve de miradouro para a capital cubana com o Malecón no horizonte.
Mas ir a Havana e não fazer uma visita à cidade num automóvel clássico é como ir a Veneza e não andar de gôndola. A Plaza de la Revolución para observar o Mural do Che e o Memorial a José Martí, o Bairro Chinês, o Jardim Botânico de Havana ou o Vedado, zona mais recente da cidade conhecida pela sua importância na história da máfia, com destaque para o Hotel Nacional, são alguns dos pontos de visita.
Para quem quiser ter uma experiência mais próxima da realidade, fora dos circuitos turísticos, pode sempre desfrutar de uma refeição num dos ‘paladares’, um restaurante privado em casa dos habitantes de Havana. Mas o ideal é mesmo deixar-se levar pelo ritmo ‘habanero’, sem pressas, prolongando o dia com um petisco de final de tarde embalado por uma qualquer conhecida melodia cubana e, claro, pelo rum.
Havana é, sem dúvida, um destino obrigatório, seja para compreendermos in loco a utopia do comunismo (e nos desagradarmos), seja para experienciarmos um destino cuja história se mantém viva em cada recanto.

Onde ficar
Meliá Internacional Varadero
Este é o mais recente cinco estrelas tudo incluído da Meliá International em Varadero. Com 946 quartos, o resort apresenta um design moderno e simples, com a mais recente tecnologia e vista para o mar na maioria dos quartos. O hotel tem ainda duas ‘penthouses Suite Vista Mar’ com mais de 400m2 no edifício dedicado ao serviço The Level (para maiores de 18 anos) e um exclusivo The Level para famílias no edifício principal.
O resort conta com um Yhi Spa, no último piso do edifício principal com uma ‘infinity pool’, mas também com um moderno ginásio com vista mar no piso da receção. A completar a oferta da unidade hoteleira está um moderno centro de convenções independente com 1500m2 com 9 salas e capacidade para mais de mil pessoas.
O serviço de alimentação da unidade ainda está em fase de ajustes, mas apresenta um vasto leque de ofertas gastronómicas. Ao todo são sete restaurantes à la carte, de comida mexicana, japonesa, cubana, italiana, mediterrânica, grill e ainda um que mistura a comida do Texas com a Mexicana, além de dois restaurante buffet, uma gelataria e um bar aberto 24 horas.
A unidade conta ainda com dois bares no rooftop, um dos quais dedicados apenas a adultos, e um miniclube dedicado aos mais pequenos.

Meliã Habana
O cinco estrelas fica ainda um pouco distante do centro da cidade de Havana. Contudo, para colmatar essa distância, o hotel fornece o serviço de shuttle gratuito para os seus hóspedes até ao centro da cidade, com seis saídas diárias.
De frente para o mar, apesar de não ter praia, o hotel tem 397 quartos, dos quais 14 são comunicantes, e dispõem todos de varanda, contudo não tem nenhum quarto para hóspedes de mobilidade reduzida. Os hóspedes têm acesso àquela que é considerada a maior piscina de hotel de Cuba.
O Meliã Habana oferece Wi-Fi gratuito em todas as suas áreas, apresenta oito salas de reuniões e tem também o serviço The Level, característica da Meliá Hotels International.
A completar a oferta do cinco estrelas estão serviços médicos disponíveis, ginásio, bar que está a funcionar 24 horas, e mais três restaurantes, dos quais um buffet, um italiano e um gourmet.

Como ir
Jolidey com voos diretos desde Lisboa
A operação direta de Lisboa para Varadero da Jolidey tem início a 1 de junho e realiza-se até 5 de Outubro, a bordo de um A330 da Orbest com capacidade para 388 pessoas. O operador conta também com uma operação de Lisboa, partilhada com outros players, para Cayo Coco de 8 de julho a 2 de setembro.

A350-900 Evelop
Disponível desde Madrid, o A350-900 da Evelop, companhia aérea em Espanha do grupo Ávoris, conta com 432 lugares, alguns dos quais em Turística +. Tem um moderno sistema de entretenimento, mas aconselha-se aos passageiros a levarem os seus próprios ‘headphones’ ou a adquirirem uns a bordo. O voo para Cuba inclui duas refeições.

*Reportagem completa na edição n.º 1395 do Publituris.
* A jornalista viajou a convite do operador turístico Jolidey, com o apoio da Melia Hotels International.
LER +
destaque
destaque

CASCADE WELLNESS INVESTE 7M€ PARA SER UM “UM DOS MELHORES RESORTS DO ALGARVE”

Depois de um período de remodelação que durou 2 anos, o Cascade Wellness Resort foi oficialmente inaugurado na passada quinta-feira, dia 4 de julho. A intervenção incluiu a ampliação e renovação da oferta do resort ao nível das infraestruturas e serviços, representando um investimento total de 7 milhões de euros, sendo uma parte deste valor financiada pelo Portugal 2020.

Localizado no topo da falésia da Ponta da Piedade, em Lagos, e a uma curta distância da praia D. Ana, distinguida pela Condé Nast Traveller como uma das 50 melhores praias do mundo, o Cascade Wellness Resort assume-se como “um dos melhores resorts de 5 estrelas do Algarve”.

O resort oferece agora aos seus clientes um vasto conjunto de infraestruturas: um hotel com 108 quartos e suites (com áreas de cerca de 45m2), 58 apartamentos e 4 villas; 3 restaurantes e 2 bares; 3 piscinas, sendo uma delas de areia; salas de reuniões com capacidade para 500 pessoas, incluindo uma sala polivalente de 350 m2; e kids club.

Com uma clara aposta na componente de “wellness”, o resort dispõe também de um spa com 5 salas de tratamento e uma piscina aquecida, um ginásio com uma oferta completa de equipamentos topo de gama e 2 campos de ténis. Os 2 campos de futebol, com as medidas oficiais exigidas pela FIFA, são um dos motivos pelos quais mais se tem
destacado o Cascade Wellness Resort.

O hotel compreende 5 alas individualmente decoradas, cada uma refletindo as expedições dos navegadores portugueses pelos 4 continentes – Europa, África, Ásia e América do Sul – e a nova ala Portugal, onde tudo começou.

O investimento efetuado contemplou a expansão da oferta de alojamento do hotel, aumentando a sua capacidade de 86 para 108 quartos e suites. Para o efeito não só foi ampliada a ala Europa, como foi ainda construída a nova ala Portugal, com varandas espaçosas viradas para a piscina e para o Atlântico e inspiração nas tradições e costumes
portugueses.

Em simultâneo, o Cascade Wellness Resort renovou também as suas villas e apartamentos, tendo sido alterado todo o interior destas unidades. A extensa área em que o resort se encontra, permite-lhe oferecer aos seus clientes vivendas totalmente independentes com 4 quartos e piscina privativa e apartamentos T1 e T2 com espaços
exteriores e piscinas distintas das do hotel.

As áreas comuns e os restaurantes e bares do resort beneficiaram igualmente de uma intervenção que permitiu aumentar a capacidade de restauração, redefinir os conceitos gastronómicos e renovar integralmente a decoração dos espaços e do mobiliário. A oferta de restauração inclui, agora, um espaço de fine dining com decoração sofisticada
(Senses), uma cervejaria portuguesa onde se privilegia os produtos da região (Gastropub), um espaço dedicado a jantares buffet temáticos (Mundi) e um bar que oferece uma ampla variedade de cocktails, num ambiente de descontração com uma luz e vistas mar únicas (Lighthouse).

Para responder a diversos pedidos para realização de eventos, foi construída uma Sala Polivalente, com uma área de 350 m2 e capacidade para 420 pessoas.

O Spa do resort foi alvo de uma remodelação, na qual se renovou os interiores e se adicionou um conjunto de equipamentos topo de gama. O espaço dispõe de piscina aquecida, jacuzzi, sauna, banho turco e fonte de gelo.

Além das áreas interiores, o Cascade Wellness Resort apresenta-se agora com os espaços exteriores completamente renovados após a implementação de um projecto de requalificação paisagística integral que contemplou os cerca de 8 Ha de jardins do empreendimento, apostando-se na modernização dos equipamentos de rega de forma a garantir uma maior eficiência e sustentabilidade de recursos.

Face à crescente procura por parte de equipas de futebol profissional para estágios e treinos, tais como as seleções da Holanda e do País de Gales, foi encetada uma renovação dos campos de futebol. No Cascade Wellness Resort as equipas podem utilizar a Sala Polivalente em exclusivo para refeições e reuniões, assim como os equipamentos topo de gama do ginásio e do spa, o qual dispõe de uma fonte de gelo especificamente requerida para a recuperação física dos jogadores.

Por fim, em resultado de uma parceria com a Câmara Municipal de Lagos, o Cascade Wellness Resort participou no investimento de reabilitação e valorização da Ponta da Piedade. Os clientes do resort passam a poder contar com um percurso pedonal, o qual passa ao largo do empreendimento e se estende entre a Praia D. Ana e a Praia do Canavial.
LER +

ALGARVE RECEBE 31 GALARDÕES ‘GREEN KEY’

O galardão ‘Green Key’, símbolo internacional que promove o turismo sustentável, acaba de reconhecer 28 hotéis, um restaurante e dois alojamentos locais no Algarve, anunciou a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), que coordena o programa nacional.

A cerimónia de entrega das distinções decorreu num hotel de Alvor, em Portimão, e distinguiu um total de 181 estabelecimentos, com destaque para o Algarve, que conseguiu mais 21 diplomas face à edição do ano passado.

João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve, destaca o “forte crescimento do programa no destino, onde cada vez mais unidades de alojamento são reconhecidas e valorizadas pelos turistas por boas práticas ambientais, desenvolvendo o turismo de forma sustentável e indo ao encontro dos objetivos do programa ‘Green Key’”.

Nesta edição, os hotéis Conrad Algarve, Hilton Vilamoura, Pine Cliffs, Vila Galé Albacora, Aqua Pedra dos Bicos, Vale D’El Rei, Velamar e Casa Biota repetiram as distinções, aos quais se juntaram mais duas dezenas de estabelecimentos, incluindo seis novas unidades do grupo Vila Galé, outros tantos hotéis do grupo Pestana, todas as seis unidades do grupo AP Hotels & Resorts, um quarto hotel da Details Hotels & Resorts e o único hotel rural de cinco estrelas do Algarve, o Vila Valverde, sem esquecer a Mercearia Bio Café (Portimão).

O programa está presente em cerca de 2900 estabelecimentos turísticos de 57 países de todo o mundo, que são reconhecidos com o galardão ‘Green Key’ pela adoção de boas práticas ambientais e pela redução dos impactes negativos do Turismo e dos custos com o consumo de recursos naturais.

LER +
destaque
destaque

ÁRTICO RUSSO JÁ TEM COMBOIO TURÍSTICO

O primeiro comboio turístico do Ártico russo realizou esta quarta-feira, 5 de junho, a viagem inaugural, transportando 91 passageiros entre São Petersburgo e a Noruega, revela a Lusa, que cita a informação avançada pela AFP

Batizado de Zarengold, o comboio é composto por oito carruagens para descanso e duas carruagens-restaurante e atravessará o Grande Norte russo através das cidades de São Petersburgo, Petrozavodsk, Kem e Murmansk, numa viagem com a duração de 11 dias.

“Já há muito tempo que o Ártico fascina toda a gente. Este destino tem sido bem coberto pelas agências de turismo canadianas e norueguesas, mas não é o caso da Rússia”, afirmou Nurlan Mukash, diretor-executivo da Lernidee Erlebnisreisen, empresa alemã que esteve na origem do projeto, em colaboração com a agência russa de promoção de investimentos no Extremo Oriente.

Em Murmansk os turistas deixam o comboio e podem continuar a viagem de autocarro para Kirkenes, na Noruega, antes de terminarem a viagem de barco, até Oslo, ou de avião, com destino à ilha de Spitzberg.

A viagem inaugural contou com a participação de 91 turistas provenientes de sete países, incluindo Alemanha, Suíça, Noruega, Estados Unidos e Holanda, e, segundo Nurlan Mukash, o objetivo é realizar “estas viagens regularmente, até duas vezes por ano”.
LER +

Pousada Vila de Óbidos – Casa Lidador abre amanhã

Um ano após a inauguração da Pousada Vila de Óbidos, as Pousadas de Portugal anunciam a expansão do projecto com a abertura, no dia 1 de junho, daquela que foi a primeira experiência de pousada no país, agora designada Pousada Vila de Óbidos – Casa Lidador.

Situada dentro das muralhas, a Pousada Vila de Óbidos – Casa do Lidador dispõe de 11 quartos. Disponibiliza ainda uma cozinha equipada, onde podem ser preparadas refeições, e uma piscina exterior, exclusiva para usufruto dos hóspedes.

Este novo projecto das Pousadas de Portugal recupera o edifício da primeira experiência de pousada no país, inaugurado em 1940, sendo um protótipo importante para as adaptações das unidades hoteleiras da época, quer ao nível de arquitectura e decoração mas também para a definição do nível de prestação do serviço. Designado à época como um “hotel pedagógico”, a Estalagem do Lidador representou o primeiro hotel de aplicação e o espaço onde se definiriam os valores do panorama do turismo nacional, precedendo à própria constituição oficial da rede Pousadas de Portugal.

Recorde-se que a actual Pousada Vila de Óbidos tem um total de 48 quartos e integra o segmento Charming Hotels.

As reservas para estada na Pousada Vila de Óbidos – Casa Lidador em Quarto Duplo estão disponíveis desde 99,00 euros.
LER +
destaque
destaque

10 Fest Açores arranca a 20 de Junho

De 20 a 29 de Junho decorre, no restaurante Anfiteatro, em Ponta Delgada, São Miguel, o 10 Fest Açores. Aquele que é considerado como sendo o maior evento gastronómico do arquipélago, e que vai na sua oitava edição, regressa com 10 chefs a garantirem 10 jantares de degustação. Cada refeição terá seis pratos e será acompanhada por uma experiência vínica.

O evento é organizado pela Escola de Formação Turística e Hoteleira (EFTH) dos Açores e permite a interacção entre os colaboradores da escola, os formandos e os chefs convidados.

As reservas podem ser feitas em www.riac.azores.gov.pt com os jantares a terem um custo de 50 euros por pessoa (excepto nos dia 20 e 29 em que o valor é de 60 euros por pessoa) e o valor inclui os vinhos.

Nota: valores para reservas efectuadas até 3 de Junho

Programa 10 Fest Açores 2019 – 20 a 29 de Junho

20 de Junho
Chef António Loureiro, premiado com estrela Michelin – Restaurante A Cozinha – Guimarães
Experiência gastronómica harmonizada com o distribuidor de vinhos Pote dos Desejos

21 de Junho
Dia dos Açores – Restaurante Anfiteatro – Ponta Delgada e convidados entre eles o Chef Pasteleiro Francisco Pavia
Experiência gastronómica harmonizada com os vinhos da CVR Açores

22 de Junho
Chef Vasco Coelho dos Santos – Restaurante Eskalduna – Porto
Experiência gastronómica harmonizada com o produtor de vinhos Azores Wine Company e António Maçanita

23 de Junho
Chef Gonçalo Costa – Chef Executivo dos restaurantes Tágide, Wine Bar e Saraiva’s – Lisboa
Experiência gastronómica harmonizada com bebidas da empresa Paulo Teixeira e o produtor de vinhos Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo

24 de Junho
Chef Antony Gonçalves – Restaurante Kanopi – Nova Iorque
Experiência gastronómica harmonizada com o produtor de vinhos Monte dos Perdigões

25 de Junho
Chef António Galapito – Restaurante O Prado – Lisboa
Experiência gastronómica harmonizada com o produtor de vinhos Esporão

26 de Junho
Chef Leandro Carreira – Restaurante The Sea, The Sea – Londres
Experiência gastronómica harmonizada com o produtor de vinhos Herdade do Rocim

27 de Junho
Chef Fernando Cardoso – Restaurante Altis Belém – LIsboa
Experiência gastronómica harmonizada com o produtor de vinhos Adega Mayor

28 de Junho
Chef Francesco Dilli – Restaurante Ferreira Café – Quebec
Experiência gastronómica harmonizada com vinhos do Groupe Ferreira

29 de Junho
Chef Óscar Geadas, premiado com estrela Michelin – Restaurante G – Bragança
Experiência gastronómica harmonizada com os vinhos da empresa A Vinha Garrafeira

29 de Junho
Sommelier António Gonçalves – Restaurante G – Bragança
Equipa Anfiteatro – Restaurante Anfiteatro – Ponta Delgada e os barmens Miguel Lapa e Rui D’Almeida
LER +

JARDIM ZOOLÓGICO CELEBRA 135 ANOS COM SURPRESAS PARA OS VISITANTES

No dia 28 de maio, o Jardim Zoológico comemora 135 anos. Para assinalar a data, o espaço preparou um programa especial para os seus visitantes. As surpresas começam logo nas bilheteiras onde todos os visitantes serão recebidos com uma pequena oferta comemorativa. Além disso, os visitantes que tal como o Zoo façam anos neste dia vão poder entrar gratuitamente. Para o 135º visitante está reservada uma surpresa ainda maior. Em conjunto com o Programa TAP Miles&Go, o Jardim Zoológico vai oferecer uma viagem para duas pessoas à Madeira com a TAP Air Portugal para que o visitante número 135 se aventure pela floresta Laurissilva, um coberto vegetal com cerca de 20 milhões de anos, e conheça as espécies endémicas da flora e fauna da Madeira.

Também o Grupo Pestana vai associar-se ao evento e oferecer ao visitante número 100 uma estadia num hotel à escolha, dentro de Portugal Continental.

Ao longo do dia, há várias surpresas escondidas pelo parque. Entre as ofertas estão a oportunidade de ver os golfinhos de perto, visitas a bastidores, encontros com tratadores, bilhetes duplos para o Jardim Zoológico, inscrições num workshop ou a oferta de um apadrinhamento de um animal, entre tantos outros prémios.

Os presentes não são apenas para os visitantes. Algumas espécies vão “soprar as velas” em bolos de aniversário preparados especialmente para este dia.

Às 11h45 e às 15h45, após a apresentação da Baía dos Golfinhos, O Zoo propõe uma viagem no tempo para conhecer a história deste espaço que faz parte da memória de todos os portugueses. Os visitantes vão ficar a conhecer que no zoo habitam espécies que estão extintas na natureza e que o Zoo reintroduziu um animal que não existia há 50 anos no habitat natural.
LER +
destaque
destaque

BLUEWAYS APOSTA NO TURISMO NÁUTICO SUSTENTÁVEL NO ALTO MINHO

O Alto Minho passa este mês a contar com um novo projeto de turismo náutico sustentável, o BlueWays, iniciativa que “ambiciona desenvolver e promover percursos azuis que incentivem um turismo náutico sustentável em 10 municípios da região”.

Segundo um comunicado enviado à imprensa, o projeto, apresentado esta quinta-feira, 23 de maio, em Ponte da Barca, vai disponibilizar uma série de atividade náuticas nos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.

“Todos os municípios vão contar com atividades náuticas como Bodyboard, Canoagem, Canyoning, Kitesurf, Passeios de Barco, Rafting, Stand Up Paddle, Surf Windsurf, Pedestrianismo, Hidrospeed e Visitas a lagos e cascatas. Com o projeto, os municípios pretendem dar visibilidade à região, mostrando a qualidade do mar, dos rios e das montanhas do Alto Minho”, lê-se na informação disponibilizada.

O projeto, que decorre entre maio e outubro, vai também trazer “especialistas nacionais e internacionais a debater sobre o tema, ao mesmo tempo que assume um compromisso multissetorial e uma oportunidade única de projetar o Alto Minho para a sustentabilidade náutica com atividades no rio, no mar e na natureza”.

O posicionamento atual do Alto Minho enquanto destino de turismo náutico sustentável, exemplos de destinos com práticas sustentáveis ou momentos de “networking”, que reúnam os melhores casos de estudo de boas práticas no turismo sustentável, tanto a nível de alojamentos e operadores turísticos, como também a nível de governação, certificação ou monitorização, são alguns dos temas abordados.

“Cada Município estará focado numa modalidade diferente e responsável pela sua logística. A ideia é fornecer uma solução integrada, que potencie a região, respeite a natureza e que evidencie o melhor que cada concelho tem a oferecer”, acrescenta a informação.

O projeto conta com um financiamento de 350 mil euros e resulta de uma série de parcerias público-privadas, que visam “implementar as experiências da BlueWays e unir esforços para que o território, a natureza e as pessoas sejam valorizados de igual forma”.
LER +

Hotel de 5 estrelas vai “nascer” em Borba

O antigo Convento das Servas, em Borba, no distrito de Évora, vai ser transformado num hotel de cinco estrelas, num investimento de 10 milhões de euros.

Paulo Borges, consultor imobiliário da empresa “Aureum Group”, com sede no Porto, explicou que o imóvel do antigo convento já foi adquirido para ser convertido numa unidade hoteleira, uma vez que temos todo o interesse em investir em Borba, neste projecto que envolve uma componente ligada ao vinho que se produz no concelho.

O objectivo é o de manter a traça original do edifício do antigo Convento das Servas, do século XVII. Segundo o consultor, está previsto que investidores estrangeiros invistam, em conjunto com a empresa, no novo empreendimento hoteleiro.

Recorde-se que a empresa do Porto está a investir na hotelaria em Portugal, através da recuperação de imóveis históricos, tendo também adquirido o edifício do antigo Convento de São Paulo, na vizinha localidade de Vila Viçosa, onde funcionou a fábrica Sofal, para construir um hotel de luxo, num investimento de 20 milhões de euros.
LER +
destaque
destaque

Royal S. Paulo Hotel Resort vai “nascer” em Vila Viçosa

O edifício do antigo Convento de São Paulo, em Vila Viçosa, onde funcionou a fábrica Sofal, vai dar lugar a um hotel de luxo: o Royal S. Paulo Hotel Resort

vai “nascer” num investimento de, revelou hoje fonte da empresa promotora.

O consultor imobiliário da empresa Paulo Borges afirmou que já foi adquirido o imóvel do antigo mosteiro, situado no Largo D. João IV, no centro da vila alentejana, para ser transformado num hotel de “cinco estrelas plus”. Um investimento a rondar os 20 milhões de euros.

Segundo o consultor da “Aureum Group”, com sede no Porto, investidores estrangeiros, com coordenação desta empresa, vão investir no novo empreendimento hoteleiro.

Paulo Borges revelou que o Royal S. Paulo Hotel Resort já tem o projecto de arquitectura aprovado, estando previsto o início das obras para setembro deste ano, devendo ficar concluídas em 2021.

Construído no século XVI, o edifício, classificado como monumento de interesse municipal, que já sofreu várias alterações arquitectónicas e teve diversos usos, como unidade fabril da Sofal, dedicada à refinação de azeites e moagem de farinha, está desde o final do século XX devoluto e em avançado estado de degradação.

Segundo os promotores, o projecto de investimento compreende a reabilitação do edifício do antigo convento, construído em 1590, que será transformado num resort de luxo e spa, com 70 suites, um spa, piscina exterior e interior, dois restaurantes, jardins e ‘villas’.
LER +

RIU HOTELS TEM NOVA UNIDADE NA BULGÁRIA

A RIU Hotels & Resorts abriu um novo hotel na Bulgária, o Riu Astoria, uma nova propriedade com uma categoria de quatro estrelas e serviço de Tudo Incluído.
O complexo encontra-se em Golden Sands, um destino que é considerado a joia do Mar Negro e uma das pérolas da Europa de Leste e conta com uma oferta de entretenimento concebida e preparada para atrair as famílias. Trata-se do único hotel da cadeia em Golden Sands e do sexto na Bulgária, ao já estar presente em destinos como Obzor, Pravets e Sunny Beach.
O Riu Astoria encontra-se no próprio passeio marítimo, a cerca de 80 metros de uma longa praia de 7 km de areia fina. Há uma pequena zona da praia à frente do hotel exclusiva para os hóspedes.
Com 538 quartos, a unidade tem um clube para crianças ‘RiuLand’, assim como um parque infantil e duas piscinas concebidas para elas. Já para os adultos, o quatro estrelas propõe atividades de entretenimento diurno e noturno, além do acesso a um ginásio moderno e a uma piscina indoor com jacuzzi integrado. O centro Wellness ‘Sense’ (com custos adicionais) oferece um vasto conjunto de tratamentos, além de sauna, um spa com diferentes tratamentos, sauna, uma sala de sal, um banho turco, hammam e uma zona para descontrair.
A oferta gastronómica também é um dos grandes atrativos do hotel. Possui um restaurante principal, ‘Astoria’ no qual se pode desfrutar de vários buffets de comida internacional e cozinha ao vivo; um restaurante de snacks, ‘Stagioni’, que durante a noite se torna num restaurante de especialidades italianas; e um restaurante, ‘Tokyo’, no qual se servirão os melhores pratos asiáticos. Além disso, o hotel possui um Lobby Bar, um bar de piscina com uma ampla esplanada e um Lounge Bar, com o nome ‘Fiesta’, que está aberto desde a meia-noite e oferece entretenimento noturno através de espetáculos e música ao vivo.
LER +
destaque
destaque

Aeroporto de Lisboa é o Aeroporto do Ano nos Air Transport Awards 2019

O Aeroporto Humberto Delgado venceu o prémio de Aeroporto do Ano, nos Air Transport Awards 2019, atribuído pela Air Transport News (ATN) em parceria com a Hermes Air Transport Organization.

A cerimónia de entrega dos galardões decorreu recentemente em Ekali, na Grécia.

Thierry Ligonnière, CEO da ANA Aeroportos de Portugal salientou, na altura, que é uma grande honra para o aeroporto de Lisboa receber esta distinção, acrescentando que Lisboa é uma cidade extraordinária que cresceu de forma exponencial nos últimos anos, e o aeroporto vem correspondendo às expectativas das companhias aéreas e passageiros, enfrentando de forma positiva os enormes desafios decorrentes de um rápido crescimento.

Em anos anteriores, este prémio foi atribuído ao Aeroporto de Istambul (2013 e 2016), ao Aeroporto de Doha (2014), ao Aeroporto do Dubai (2015) e ao Aeroporto Changi, Singapura (2012, 2017 e 2018).

O júri dos Air Transport Awards, que seleccionou os vencedores, é composto por algumas das figuras mais proeminentes da indústria do transporte aéreo, nomeadamente: Henrik Hololei, presidente do Júri e director geral da Mobilidade e Transportes da Comissão Europeia, Robert Deillon, vice-presidente da Hermes – Air Transport Organisation e Charles Schlumberger, lead Air Transport, Banco Mundial.

Recorde-se que os Air Transport Awards é o único galardão internacional que distingue todas as principais categorias do setor de transporte aéreo
LER +

AQUASHOW VAI TER PARQUE INDOOR

O parque Aquashow, que regressa dia 1 de maio para mais uma temporada, vai passar a estar aberto o ano todo. Para tal, o parque temático de Quarteira vai inaugurar no final deste ano, o Aquashow Indoor Park. Este parque aquático e de diversões coberto vai surgir no mesmo complexo do parque outdoor e vai permanecer aberto todo o ano.

Com atrações concebidas a pensar em toda a família, o parque vai oferecer cinco diferentes planos de água disponíveis, com diversas profundidades e atrações. Jogos interativos, escorregas desafiantes ou jatos de massagens são outras das atrações disponíveis. Este conta ainda com trilhos e penhascos do Circuito de Aventura – duas piscinas situadas a diferentes níveis que permitem realizar uma viagem em altura e, pelo caminho, atrever-se por exemplo, na parede de escalada, na zona de salto ou de coasteering.

Para os aventureiros de palmo e meio há um Playground com escorregas, labirintos, piscinas de bolas e muito mais. Para quem prefere simplesmente abrandar o ritmo, o Aquashow Indoor Park criou zonas relax, spa, jacuzzi, banho turco, piscinas de essências e outras valências do universo wellness.

O cenário repleto de ação, que é ainda composto por outros cinco escorregas diferentes, vai ser palco das férias, fins-de-semana e escapadinhas. Um espaço totalmente inovador com a máxima garantia de segurança, e o melhor de tudo, aberto todo o ano.
No que diz respeito ao parque outdoor este conta com a Piscina Tropical e o escorrega Thunder Cruise, ambos inaugurados em 2018, o River Slide, o escorrega duplo Twin Space Shuttle, a queda livre do Free Fall, o splash da Montanha Russa, o Speed Race, a Piscina de Ondas, agora com uma nova entrada e decoração, o Aquakids e Aqualândia, exclusivos para a pequenada, e muito mais. No total, são mais de 20 atrações, agradáveis espaços verdes, zonas de descanso e uma variada oferta de restauração, que inclui também novidades. Até 30 de setembro, é esta a proposta do Aquashow para dias memoráveis a sul.
LER +
destaque
destaque

VALE DAS FURNAS TEM NOVO MIRADOURO

Os trabalhos do novo miradouro do Vale das Furnas, em São Miguel, já foram concluídos e foram executados por administração direta, com um investimento de cerca de 15 mil euros.
Esta estrutura, construída de raiz em 30 dias, localiza-se numa área adjacente à Estrada Regional n.º 2-1.ª, nas Pedras do Galego.

A intervenção consistiu em criar um pequeno espaço de paragem de curta duração para desfrutar a vista, oferecendo sete lugares de estacionamento. A obra foi adaptada ao local, tendo sido utilizados na sua construção apenas materiais naturais, como bagacinas e madeira. Esta obra insere-se numa estratégia de requalificação e criação de novos pontos de interesse turístico, de forma também a descentralizar e diminuir a carga que se verifica em alguns pontos de observação mais emblemáticos.

Até ao final da presente legislatura, o Governo dos Açores pretende investir mais de um milhão de euros nos miradouros localizados em zonas adjacentes da Rede Viária Regional.

A par de requalificações já efetuadas em alguns locais, como o Pico do Ferro, a Vista do Rei e a Barrosa, em São Miguel, estão ainda previstas para este ano intervenções em locais similares nas ilhas de Santa Maria, São Jorge, Flores e Pico.

O Governo dos Açores, para além da requalificação e criação destas infraestruturas, pretende colocar em produção a plataforma e aplicação móvel do Roteiro dos Miradouros até ao início do segundo semestre deste ano.
LER +

REPORTAGEM| EGIPTO – O REGRESSO DO FARAÓ

Existirão poucos destinos no mundo capazes de entrar no nosso imaginário como o Egipto, um dos mais antigos países do mundo, berço de uma espetacular civilização histórica e que está de regresso à programação dos operadores turísticos nacionais, já este verão.



É difícil resumir em poucas palavras o turbilhão de emoções que senti quando cheguei às Pirâmides de Gizé. A imponência dos edifícios, construídos quase três mil anos antes de Cristo, deixa-nos sem palavras, principalmente porque sabemos que foram edificados sem recurso às tecnologias de que, hoje, dispomos, e que cada um dos blocos de pedra que os formam – e são quase cinco milhões só na Grande Pirâmide – pesa mais de 2,5 toneladas. Como foi possível? É a pergunta que não conseguimos conter em frente às Pirâmides de Gizé, o monumento egípcio mais conhecido e a única das sete maravilhas do mundo antigo que ainda pode ser apreciada.
Visitar o Egipto é um daqueles sonhos que vamos alimentando desde crianças, desde as aulas de História passadas a ouvir falar sobre os avanços deixados por esta civilização, sobre as pirâmides e sobre os faraós que governaram o Egito, um país que nasceu à beira do Nilo, o mais extenso rio do mundo e o único que corre de sul para norte e onde 95% do território é deserto. Mas nada nos prepara para lidar com todas as emoções que sentimos quando estamos de frente para os edifícios que nos habituámos a ver nos livros da escola.
Foi assim que me senti quando, em fevereiro, a Soltrópico e a Solférias convidaram o Publituris a visitar o Egito, destino que vai estar em destaque na programação de ambos os operadores turísticos este verão, num regresso há muito aguardado, depois de oito anos de ausência. É que o Egito foi um dos destinos que, até 2011, esteve presente, de forma quase permanente, na programação dos operadores nacionais. Depois, chegou a Primavera Árabe, que trouxe um extenso período de instabilidade e insegurança, que afastaram os portugueses. Mas, 2019 promete ser um ano da mudança e do regresso do país dos faraós ao mercado nacional.
Aceite o convite e embarque connosco nesta viagem ao mundo dos faraós, mas onde também houve tempo para experimentar as águas quentes e cristalinas do Mar Vermelho, assim como atividades mais radicais no deserto.

Excitante Cairo

Era já noite quando o grupo de nove jornalistas chegou ao Cairo, capital do Egito e cidade que, como cantavam os Táxi nos anos 80, é excitante, vibrante e apaixonante. Apesar do adiantado da hora, a viagem entre o aeroporto e o Conrad Cairo, hotel que nos acolheu nas primeiras noites, serviu para perceber que esta cidade não dorme. Por todo o lado, havia lojas abertas, pessoas na rua e muito trânsito. O trânsito é, aliás, umas das imagens de marca do Cairo, é caótico e as regras parecem inexistentes, mas lá vai fluindo, ao som de buzinadelas constantes.
A primeira impressão sobre o Cairo foi confirmada no dia seguinte, quando atravessámos a cidade para chegar a Gizé, zona onde se encontram as pirâmides e que, nos dias de hoje, foi praticamente engolida pela capital, que não tem parado de crescer, acolhendo, atualmente, 20 milhões de habitantes. É verdade, as pirâmides estão praticamente dentro da cidade e isso pode ser motivo de desilusão. Não foi meu caso, que já estava preparada para essa realidade.
As três pirâmides de Gizé – Queóps, Quéfren e Miquerinos – avistam-se ao longe, tal a sua imponência, e foram construídas entre a terceira e a sexta dinastias faraónicas, a partir de 2.550 a.C., para acolherem os reis do Egito depois da morte. São parte de uma vasta necrópole que inclui também a Grande Esfinge, cemitérios e diversos templos funerários e de mumificação, o que permite ter uma ideia da importância que a morte tinha no Antigo Egito.
Começámos pela maior, a Pirâmide de Quéops, que contava com 146 metros de altura – equivalente a um prédio de 49 andares. Contava, porque devido ao peso do edifício e por ter sido construído sobre areia, já afundou uns bons metros e, hoje, tem apenas 137 metros. As outras duas são mais pequenas, já que, explicou Benjamin Talaat, guia do recetivo Travel Ways que nos acompanhou no Cairo, foram construídas pelo filho e neto de Queóps, que não queriam afrontar o antepassado, daí as dimensões mais modestas.
A entrada na Pirâmide de Quéops custa 18 euros e permite visitar as câmaras que acolheram o faraó e os seus tesouros, ainda que os artefactos tenham sido mudados para o Museu Egício, no centro do Cairo, daí que as pirâmides estejam completamente vazias.
Faltava a Grande Esfinge, símbolo de poder, força e inteligência. Reza a história que esta criatura mítica, com corpo de leão e cabeça humana, é uma representação do faraó Quéfren, ainda que seja impossível ter certeza, até porque o seu nariz há muito desapareceu, o que deu origem a várias teorias sobre a sua destruição, sendo as culpas atribuídas tanto a Napoleão como aos britânicos, que usariam o monumento para tiro ao alvo.
Depois das pirâmides, seguimos para o Museu Egípcio do Cairo, no centro da capital, na famosa praça Tahrir, o melhor local para se compreender a antiga civilização egípcia.

Museu Egípcio do Cairo
Com um espólio de mais de 120 mil peças, o Museu Egípcio do Cairo foi inaugurado em 1902, é o mais importante do país e leva-nos numa autêntica viagem no tempo. Logo à entrada, deparamo-nos com as estátuas de Ramsés II, um dos mais importantes faraós do Egito depois da unificação do país e cujo reinado foi um dos mais longos, que se destacam pela imponente dimensão e que se encontram bem perto da réplica da Pedra de Roseta, descoberta em 1798 e a partir da qual foi possível decifrar a língua dos faraós.
No andar térreo, o Museu Egípcio conta com 42 salas, onde é possível apreciar milhares de estátuas e sarcófagos, mas é no andar de cima, com mais 47 salas, que se encontram as maiores relíquias, a começar no espólio de Yuya e Thuya, pais da rainha Tiye, cujos túmulos foram descobertos em 1905 praticamente intactos. Além dos chinelos de papiro e que calçariam os monarcas na outra vida, em exposição estão também as múmias de Yuya e Thuya, assim como os seus sarcófagos e máscaras mortuárias, entre vários outros artefactos, que seriam úteis na viagem até ao paraíso. Essa viagem está, aliás, relatada num papiro com 20 metros, o maior alguma vez recuperado e que foi encontrado nos túmulos de Yuya e Thuya.
Os tesouros do Museu Egípcio são inúmeros e de valor incalculável, mas nenhum se compara ao espólio de Tutankamon, o faraó-menino, que terá subido ao trono antes dos 10 anos de idade e morreu com 18. Tutankamon não ficou para a posteridade por ter sido um dos grandes faraós egípcios, nem o seu tesouro seria o mais deslumbrante, mas o seu túmulo, descoberto em 1922, estava completamente intacto, ao contrário da maioria, que foi pilhada por saqueadores atraídos pelas riquezas que os faraós levavam para a outra vida, o que contribuiu para criar o mito que, ainda hoje, existe em torno deste faraó.
A máscara de Tutankamon, assim como muitas das mais de oito mil peças encontradas no seu túmulo, ainda podem ser apreciadas no Museu Egípcio do Cairo, mas, em breve, vão ser mudadas para um novo museu que está a ser construído perto das pirâmides e que é maior que o Louvre, permitindo acolher, de forma mais organizada e com a merecida dignidade, todas as peças que se começam a amontoar no edifício atual.

Luxor e Vale dos Reis

Depois do Cairo, o plano era seguirmos para Luxor, antiga Tebas e cidade que é considerada um museu ao ar livre, cujo nome significa ‘palácios’ em árabe, já que, quando chegaram ao país, os muçulmanos terão confundido os túmulos dos faraós com palácios. Digo que o plano era seguirmos para Luxor, porque não foi isso que aconteceu devido à meteorologia. À chuva do Cairo, juntou-se uma tempestade de areia em Luxor, que nos reteve na capital mais uma noite e nos obrigou voar diretamente para Hurghada, de onde fizemos o trajeto em autocarro até Luxor. A viagem revelou-se bem interessante, pois começou no deserto de Hurghada e só terminou nas verdes planícies de Luxor, onde seguimos de imediato para o Templo de Karnak, um complexo de santuários com 50 hectares, dedicado ao deus Amon-Rá e que é conhecido pelos obeliscos de 22 metros de altura, esculpidos numa única pedra, e por possuir a maior sala colunada do mundo, com 134 colunas de 22 metros.
Depois do templo, o destino foi o Vale dos Reis, na margem ocidental do Nilo e local onde passaram a ser sepultados os faraós entre a XVIII e a XX dinastias, quando se decidiu abandonar os túmulos em forma de pirâmide, que eram frequentemente saqueados.

O Vale dos Reis, tal como as pirâmides, é um local incontornável. No total, existem mais de 100 túmulos, entre os quais 20 reais, mas só 10 estão abertos ao público, incluindo o de Tutankamon, que obriga a um bilhete extra. O bilhete normal custa oito euros e permite visitar três outros túmulos. Optámos pelos de Ramsés VI, Ramsés IX e Ramsés IV, considera dos dos mais belos, estando o primeiro a 85 metros de profundidade.
O dia passado em Luxor permitiu ainda visitar uma fábrica de papiro e perceber como esta planta é transformada numa espécie de papel, e outra de alabastro, pedra que é usada desde a antiga civilização. Antes do regresso a Hurghada, houve ainda tempo para visitar o Templo Mortuário de Hatshepsut, parte do complexo de Deir el-Bahari, perto do Vale dos Reis, que tem a particularidade de ter sido construído pela faraó Hatshepsut, a primeira mulher a usar o título, mas cuja história foi parcialmente apagada pelo seu enteado, Tutmés III.
Antes da despedida, houve tempo para ver os Colossos de Mêmnon, duas impressionantes estátuas do faraó Amenófis III, com 18 metros de altura, localizadas perto da necrópole da antiga Tebas.

Deserto e Mar Vermelho

De regresso a Hurghada, e ao Prima Life Makadi Resort, onde ficámos alojados nos últimos dias, o tempo foi passado entre as águas quentes e cristalinas do Mar Vermelho e atividades mais radicais no deserto.
No primeiro dia completo em Hurghada, a opção foi a Giftun Island, também conhecida como Paradise Island ou ilha do paraíso, nome apropriado tendo em conta as praias paradisíacas que oferece. Aqui, passámos um dia relaxante, entre mergulhos no mar e a oportunidade de fazer snorkelig num local onde a biodiversidade marinha é impressionante, e que contou ainda com almoço, além de espetáculo de dança do ventre e dança sufi, um tipo de dança associado à religião e que é praticada por homens que usam uma saia típica.
Mas ir ao Egito e não realizar um passeio no deserto é quase como ir a Roma e não ver o Papa. Por isso, o último dia pelo país dos faraós foi vivido com muita adrenalina, já que nos esperava um passeio em moto4 pelo deserto, que teve tanto de divertido como de desafiante. Devo dizer que conduzir um veículo deste género deserto a fora parece bem mais fácil do que aquilo que, na realidade, se revela, já que é necessária alguma força de braços para manter a mota no trilho, mesmo quando a areia do deserto forma lombas que parecem de pedra quando as atravessamos. O corpo fica dorido, mas a adrenalina e toda a diversão associada a esta atividade fizeram esquecer todas as maleitas.
Depois do passeio no deserto, eram novamente as águas do Mar Vermelho que nos esperavam em Sharm El Naga, estância a 60 quilómetros de Hurghada e onde a diversidade marinha é ainda mais exuberante, o que nos fez entrar novamente na água com óculos e barbatanas. Foi o último mergulho no Mar Vermelho e, como qualquer despedida, deixou saudades.
LER +
destaque
destaque

Aumentou o número de dormidas nos territórios do interior

O número de dormidas nos territórios do interior cresceu 1,4 milhões entre 2016 e 2017 e Portugal criou 514 novas ligações e rotas aéreas para novos mercados. Quem o afirmou foi a secretária de Estado do Turismo, acrescentando que em 2016 e 2017, o número de dormidas nos territórios do interior cresceu 1,4 milhões, o que é muito significativo.

– Claro que ainda há imenso para fazer. O que tem mudado o país é isto. São projectos concretos que estão a acontecer e que estão a abrir o mapa turístico de Portugal. Basta pensar nos mais de 400 projectos turísticos aprovados no âmbito do Valorizar.

O programa “Valorizar” foi criado pelo Governo para acelerar e incentivar o desenvolvimento turístico no interior do país.

– Não queremos um turismo de massas. O que queremos, cada vez mais, é um turismo que deixa valor no território, que acrescente valor. É também uma forma de dar visibilidade a estes territórios do interior para investir, para viver, para trabalhar, disse Ana Mendes Godinho.

Ana Mendes Godinho divulgou ainda que o crescimento e a capacidade de afirmação de Portugal como destino turístico estão expressos nas 514 novas ligações e rotas aéreas para mercados como o asiático ou o americano.

– São novos mercados, para todo o ano. Nos últimos três anos o crescimento das receitas turísticas foi de 45%. Somos o país europeu com o crescimento mais acentuado, sublinhou a governante explicando que o turismo sustentável, ao longo de todo o ano, é o grande objectivo traçado pelo Governo

– Nos últimos três anos, em todo o país, 100 mil novas pessoas passaram a trabalhar no turismo. Pela curva do emprego no turismo, percebemos que deixamos de ter oscilações no verão e no inverno.
LER +

Expo 2020 percorre o mundo em 40 aviões da Emirates

A Emirates terminou a pintura de modelos personalizados da Expo 2020 Dubai em 40 dos seus aviões A380, decalcados com as várias cores do evento, os quais irão estrear no hangar da Emirates Engineering.

A primeira pintura foi anunciada em 2017 com um avião Boeing 777-300ER da Emirates, um decalque com o azul de “mobilidade”. Desde então, a mini frota de aviões da Expo 2020 Dubai da Emirates voou para 134 destinos em toda a rede global da companhia, percorrendo 66 milhões de quilómetros em mais de 15.000 voos, levando a mensagem da Expo além fronteiras.

No vídeo que apresentamos, podemos assistir à aterragem dos aviões especiais Expo 2020 da Emirates em alguns dos países da rede da Emirates.

A EXPO 2020 Dubai será realizada entre 20 de outubro de 2020 e 10 de abril de 2021.

Um dos maiores projectos de decalque já realizados no Emirates Aircraft Appearance Centre, foram necessárias 15.000 horas e mais de 14 meses para aplicar os decalques da Expo 2020 em 20 aviões Boeing 777 e 20 aviões A380. Os decalques da Expo 2020 Dubai também estão entre os maiores aplicados nas fuselagens dos aviões Boeing 777 e Airbus A380 da Emirates, além de abrangerem as capas de cada tipo de avião.
LER +
destaque
destaque

MSC Cruzeiros vai criar nova marca de ultra luxo

A MSC Cruzeiro planeia criar em breve uma nova marca de navios ultra luxo.

Quatro novos navios de luxo vão constituir uma nova marca da MSC Cruzeiros.

Sobre esta novidade, Pierfrancesco Vago, CEO da MSC Cruzeiros, salientou que os navios de ultra luxo seriam promovidos de outra e melhor forma, criando uma marca separada e não ligada com a actual oferta premium da linha, The Yacht Club.

Os barcos de ultra luxo da MSC Cruzeiros entrarão em serviço dentro de quatro anos, de 2023 a 2026.

Pierfrancesco Vago explicou que quando eu projectei os barcos, percebi que o que eu tinha nas minhas mãos não era mais ‘premium’ ou um luxuoso, era ultra luxuoso.

– Cheguei então à conclusão que, para mostrar as características desses navios, teria que criar uma marca diferente.
LER +

TPNP: dormidas aumentaram em janeiro

Em janeiro deste ano, o Porto e Norte de Portugal foi a região do país que mais contribuiu para o aumento do número de dormidas nos estabelecimentos de alojamento turístico portugueses, com mais 47,2 mil dormidas do que em janeiro de 2018.

Para o presidente da TPNP estes resultados são fruto do trabalho desenvolvido por todos os ‘players’ da região e que se tem reflectido num crescimento sustentado, quer em termos de resultados obtidos, quer em termos de qualidade dos serviços prestados a quem elege a região como destino turístico.

Luís Pedro Martins revela que estes são dados importantes que espelham um crescimento sustentado de uma região dotada de excelentes equipamentos e que está, cada vez mais, qualificada em termos de recursos.

No primeiro mês do ano, Portugal registou um incremento de 134,5 mil dormidas face ao período homólogo, do qual 35,1% foi proveniente do Norte (mais 47,2 mil dormidas). O Porto e Norte de Portugal foi ainda a segunda região onde o número de dormidas mais cresceu, com um aumento de 10,5%, num total de 498,5 mil dormidas.

De referir que em janeiro de 2019, a estada média nos estabelecimentos de alojamento turístico foi de 2,38 noites em termos nacionais.

Os proveitos registados a nível nacional nos estabelecimentos de alojamento turístico atingiram, em janeiro, 162,7 milhões de euros no total e 114,3 milhões de euros relativamente a aposento, traduzindo-se em crescimentos de 8,7% e 8,2%, respectivamente (+7,7% e +6,3% em dezembro, pela mesma ordem).

No Porto e Norte de Portugal estes resultados atingiram os 26,4 milhões de euros no que aos proveitos totais diz respeito (+ 11,4% face ao período homólogo) e 19,7 milhões face aos proveitos de aposento (+12,9%), o que permitiu que neste último indicador, a Região passe agora a ocupar o 2º lugar a nível nacional.
LER +
destaque
destaque

Blue&Green com novo programa de fidelização

O grupo Blue&Green (B&G) lançou um novo programa de fidelização – Be Our Guest.- nos seus hotéis The Lake Spa Resort, Vilalara Thalassa Resort e Tróia Design Hotel.

A Quinta das Lágrimas uniu-se a este grupo hoteleiro de cinco estrelas para uma parceria exclusiva, sendo que cada ponto acumulado numa das unidades B&G pode ser utilizado no hotel de Coimbra, e ao contrário também.

Para além de um desconto especial na tarifa de alojamento,

As vantagens de aderir ao programa, totalmente gratuita, são: 10% desconto em alojamento; 10% de desconto em restaurantes e bares; 15% de desconto em tratamentos spa; e acesso a campanhas e promoções exclusivas para cliente Be Our Guest. Os membros ganham ainda um ponto por cada euro gasto, que podem ser trocados para uma utilização na estada ou refeição.
LER +

VIP EXECUTIVE PICOAS HOTEL ABRE PORTAS

A marca VIP Hotels abriu uma nova unidade na cidade de Lisboa, o VIP Executive Picoas Hotel.
Com 131 quartos, o VIP Executive Picoas Hotel é o resultado da conversão de um antigo tribunal numa moderna unidade hoteleira de quatro estrelas, no centro de Lisboa.
Com uma vasta facilidade de acessos, o hotel está localizado na esquina entre as ruas Tomás Ribeiro e Filipe Folque, no coração de Lisboa.
O bar situa-se no piso térreo, sendo um ponto de encontro para uma bebida, uma refeição ligeira ou uma reunião informal. No último piso, localiza-se restaurante onde é possível desfrutar de um pequeno-almoço variado com vista para a cidade de Lisboa.
A unidade apresenta ainda uma sala multifunções, com a capacidade máxima de 40 pessoas, onde podem ser organizados diversos eventos tais como reuniões de trabalho, formações ou workshops. O hotel oferece Wi-fi gratuito e todas as comodidades de um moderno hotel de quatro estrelas.
Esta é a 13ª unidade a juntar-se ao portefólio da Vip Hotels, em Portugal. Além das 10 unidades em Lisboa, o grupo tem ainda hotéis em Santa iria da Azóia, Sintra e Ponta Delgada
LER +
destaque
destaque

PORTUGAL ULTRAPASSA A BARREIRA DOS 50 MIL TURISTAS PARA A TAILÂNDIA

Entre janeiro e dezembro de 2018, as chegadas de turistas portugueses à Tailândia cresceu 4,27%, o que representa em termos absolutos uma subida de 48.733 para 50.813 visitantes, segundo fontes oficiais do Ministério do Turismo da Tailândia. Portugal ultrapassa assim, pela primeira vez, a barreira dos 50 mil turistas e cresce acima da média europeia, que se situou nos 3,86%, com um total de 6.765.326 turistas.

Para a representante da Autoridade de Turismo da Tailândia, Rosário Louro, “Este crescimento deixa-nos muito satisfeitos porque nos esforçamos diariamente para mostrar a singularidade e a versatilidade daquele país ” e acrescenta “Temos consciência que a distância e inexistência de voos diretos são obstáculos com os quais temos que viver permanentemente, mas os portugueses têm apreendido bem as nossas mensagens e reconhecem na Tailândia um destino exótico, seguro, multifacetado, que tem um povo extraordinariamente afável e uma relação preço qualidade muito competitiva.”

Em 2018, a Tailândia recebeu mais de 38 milhões de turistas, tendo registado um crescimento de 7,54% face ao ano anterior. Cerca de 73 % dos visitantes tiveram origem na Asia ,18% na Europa e 9% no resto do mundo.

Em 2019 o crescimento deverá manter-se, prevendo-se que a Tailândia seja visitada por cerca de 40 milhões de turistas, dos quais 7 milhões serão europeus. Portugal espera contribuir com 55.000 turistas mantendo uma performance de crescimento percentual acima da média. Nos dois primeiros meses de 2019 Portugal já registou um aumento de 7% comparativamente ao mesmo período do ano passado.
LER +

MS Amália Rodrigues já navega

O último navio da classe Premium da CroisiEurope, a maior companhia de cruzeiros fluviais na Europa, já navega pelo rio Douro.

Trata-se de um navio com 80 metros de comprimento, 11,4 metros de largura e capacidade para acomodar 132 passageiros, em 66 cabine duplas, incluindo quatro suites (das quais duas estão no convés superior e têm a particularidade de terem terraços). Todas as cabines têm grandes janelas para que os ocupantes possam aproveitar e ver as paisagens deslumbrantes que acompanham o trajecto do rio Douro. A embarcação disponibiliza áreas comuns espaçosas, assim como um lounge-bar com pista de dança, loja de souvenirs, restaurante com janelas panorâmicas e ainda uma “ponte solar” com espreguiçadeiras e uma piscina.

Para conseguir oferecer um serviço de qualidade o MS Amália Rodrigues dispõe de uma tripulação de 25 pessoas.

O MS Amália estará a navegar, no rio Douro, entre Abril e Outubro, em itinerários de 6 e 8 dias, passando por Leverinho, Régua, Pinhão, Ferradosa, Barça D’Alva e Vega de Tera.
LER +
destaque
destaque

COIMBRA VAI TER NOVO QUATRO ESTRELAS

O concelho de Coimbra vai contar com uma nova unidade hoteleira já no próximo mês de maio. O Palácio de São Silvestre Boutique Hotel é uma unidade de quatro estrelas que está a ser desenvolvida, pelas mãos do empresário Alcides Louro, na localidade de São Silvestre, a cerca de 10 quilómetros da cidade de Coimbra.
A unidade hoteleira, que vai ser dirigida por Marta Mendes, conta com 41 quartos, dos quais sete suites temáticas. Este boutique hotel resulta da conversão de uma casa senhorial do século XVIII, que deu lugar ao edifício principal onde estão situadas as suites. A zona nova alberga os 34 quartos deluxe.
A complementar a unidade está uma piscina interior, um ginásio, sauna e banho turco, quatro salas de reunião com capacidade até 150 pessoas, e o restaurante Palatio da responsabilidade da Chef Rita de Oliveira, que vai estar aberto aos almoços e jantares para o público em geral, com o objectivo de promover experiências gastronómicas.
Segundo Marta Mendes, a unidade vai posicionar-se num segmento médio alto e dedicar-se, além do lazer, também ao segmento de eventos e negócios.
LER +

NATURA IMB RENOVA UNIDADE E APRESENTA SPORT HOTEL GYM + SPA

Situado no coração da Covilhã, o antigo Covilhã Parque Hotel deu lugar ao novo Sport Hotel Gym + SPA, inspirado no conceito de estilo de vida saudável, unindo desporto, nutrição e entretenimento.

Esta é a mais recente unidade do Grupo Natura IMB Hotels, que tem unidades na Guarda, Covilhã e Unhais da Serra, que vai ser apresentada na BTL, no espaço do grupo situado no Pavilhão 3, stand 3A04.

O Sport Hotel Gym + Spa surge da requalificação do Parque Hotel, que representou um investimento de cerca de 1 milhão de euros.

Para Luís Veiga, administrador do Grupo Natura IMB Hotels, “o Sport Hotel é para todos aqueles que se preocupam com uma vida mais saudável, sendo a sua localização, no centro da Covilhã, perfeita para caminhadas, escalada, esqui, BTT ou simplesmente descobrir a cidade ou o Parque Nacional da Serra da Estrela. Aliamos num único espaço desporto, nutrição e entretenimento”.

A nova unidade, do Grupo Natura IMB Hotels, apresenta 103 quartos, ginásio (aberto 24h para hóspedes), zona de spa, com sauna, haman, duche com cromoterapia, tratamentos e massagens, nomeadamente as de recuperação muscular pré e pós-treino.

O Sport Hotel Gym + Spa conta ainda com uma área de self-service, com opções variadas, também vegetarianas e sem gluten. Os mais novos, e não só, podem também usufruir da Fun Zone onde são disponibilizados tablets com jogos e playstation. Para os que preferem atividades ao ar livre, o Sport Hotel também dispõe de bicicletas de estrada ou BTT, em regime de aluguer. Todos os hóspedes podem aceitar o desafio indoor, Walk or Run Up, de subir as escadas do hotel até ao 11º piso, a andar ou a correr, ficando o ranking disponível numa aplicação no lobby do hotel.

Para carregar baterias, o Sport Hotel Gym + Spa dispõe de um buffet de pequeno-almoço até às 11H com propostas saudáveis, dentro do programa “Side by Side” desenvolvido pela nutricionista do Grupo Natura IMB Hotels. O valor médio por quarto com pequeno almoço ronda os 65€.
LER +
destaque
destaque

ACCOR LANÇA NOVA MARCA

A Accor acaba de anunciar uma nova marca dedicada ao lifestyle: Tribe. O objetivo é “oferecer uma experiência de hotel de alta qualidade a um preço acessível”.

“O design inteligente está presente muito além dos detalhes. Uma coleção artística, o estilo moderno é complementado com objetos de design artístico criando a sensação de um espaço sofisticado. Serviço focado no essencial, Tribe regressa aos básicos para oferecer aos clientes o que eles querem, e nada mais. Experiências e expetativas, os clientes desfrutarão de uma experiência de alta qualidade em unidades não estandardizadas”, refere o grupo hoteleiro.

Em parceria com produtores locais, os hotéis Tribe terão uma cozinha comprometida com produtores locais.sazonais.Há já uma unidade da marca, com 126 quartos na Austrália. Outras dez aberturas já estão previstas até 2022 na Europa e Ásia-Pacífico, totalizando mais de 1.700 quartos.
LER +

Açores no Top 100 dos destinos mais sustentáveis do mundo

Os Açores integram, pela quinta vez consecutiva, o Top 100 dos destinos mais sustentáveis do mundo, uma distinção atribuída pela Green Destinations e que foi entregue na Feira Internacional de Berlim, na Alemanha.

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro, presente na cerimónia, destacou o facto de Portugal ter ganho a distinção de melhor destino europeu, com referência a algumas regiões do país, nomeadamente aos Açores, que são “a única região do país a ostentar o galardão Quality Coast Platina”, da Green Destinations, criado em 2014.

O galardão dos 100 Destinos mais Sustentáveis do Mundo foi criado em 2014 e tem como principal objectivo reconhecer e premiar destinos turísticos que trabalhem no sentido de fazer a diferença em matérias de sustentabilidade, destacando casos de sucesso e boas práticas sustentáveis.

A Green Destinations, responsável pela iniciativa, é uma rede institucional que lidera organizações internacionais especializadas em turismo sustentável e avalia os destinos concorrentes a nível mundial.
LER +
destaque
destaque

SÃO TOMÉ E MOÇAMBIQUE NO ARRANQUE DO REVIVE INTERNACIONAL

Os governos de São Tomé e Moçambique decidiram replicar o programa Revive, que foi lançado em 2016 para recuperar património histórico devoluto, tendo já sido identificados alguns edifícios para concessão a privados, avança o Dinheiro Vivo.

A decisão terá sido tomada depois das visitas técnicas já realizadas a ambos os países para identificação de património e que a Secretaria de Estado do Turismo confirma, revelando que a versão internacional do programa “está neste momento em fase de construção”.

“O programa Revive Internacional está neste momento em fase de construção, estando a ser identificado o património que pode integrar o programa em Marrocos, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique”, avançou o gabinete da secretária de Estado do Turismo, ao Dinheiro Vivo.

Tal como acontece em Portugal, o Revive Internacional vai focar-se em imóveis públicos que possam ser reabilitados e colocados ao serviço do Turismo, contando com o apoio do governo português e do Turismo de Portugal, que se constituem como consultores técnicos.

Em Portugal, dos 33 imóveis que foram identificados na primeira edição do programa, 16 já têm concursos lançados e sete estão concluídos e adjudicados.
LER +

ZOOMARINE RECEBE 47.º CONGRESSO ANUAL DA EAAM


A European Association for Aquatic Mammals (EAAM), entidade que agrega especialistas de todo o mundo que se dedicam ao estudo, reabilitação e maneio das várias espécies de mamíferos marinhos, realiza a partir desta segunda-feira, 4 de março, o seu 47.º Congresso Anual no Algarve, iniciativa que decorre em parceria com o Zoomarine.

“Vinte e três anos depois do seu primeiro congresso em Portugal (igualmente no Zoomarine), dezenas de biólogos marinhos e veterinários, educadores e treinadores, curadores e diretores zoológicos, investigadores e gestores, irão passar 03 dias a apresentar e discutir trabalhos nas mais variadas disciplinas do conhecimento”, sublinha o Zoomarine, numa nota enviada à imprensa.

Os trabalhos decorrem no Centro de Congressos do Salgados Palace Hotel, até dia 7 de março, sob o lema “De Pioneiros a Guardiões da Natureza”, e incluem também uma visita técnica ao Zoomarine, que vai acolher igualmente o jantar de encerramento do congresso.

“Durante a dita visita, os profissionais do Zoomarine terão oportunidade para, como especialistas em tão distintas áreas (biólogos, veterinários, educadores, treinadores, reabilitadores, et cetera), mostrar muitas das técnicas inovadores, dos espaços de referência, e o elevando nível de husbandry – em suma, oportunidades para mostrar porque razão o Zoomarine é, desde há muito, considerado um dos melhores parques do mundo e porque ganhou tantos prémios nacionais e internacionais”, sublinha ainda o Zoomarine.

O programa da iniciativa está disponível em https://lineupr.com/47eaam/zoomarine/, estando já confirmada a participação de Paul Nachtigall, do Hawaii, EUA, bem como do professor José Matos, geneticista e Bastonário da Ordem dos Biólogos, e do especialista em Condicionamento Operante, Miguel Santos.
LER +
destaque
destaque

NOVO A320NEO DA TAP JÁ VOA PARA O FUNCHAL

O primeiro dos novos aviões A320neo da TAP começou este sábado, 2 de março, a voar, tendo a capital madeirense sido o primeiro destino da aeronave, que conta com 174 lugares e integra a frota de médio curso da companhia aérea de bandeira nacional.

“A TAP começou este sábado a operação comercial do novo Airbus A320neo, CS-TVB, no voo TP1699 com partida de Lisboa e destino ao Funchal. É o primeiro modelo desta aeronave a chegar à companhia este ano”, sublinha a TAP, em comunicado.

O novo aparelho foi entregue à TAP recentemente e está incluído na renovação da frota da companhia aérea, que espera receber, até ao final do ano, 37 novas aeronaves dos quatro modelos da Airbus, nomeadamente A320neo, A321neo, A321LR e A330neo, às quais se vão juntar mais 71 até 2025.

“A modernização da frota, ajustada à ambição da companhia de oferecer o melhor produto da indústria aos seus clientes, permite à TAP aumentar a oferta e crescer para novos destinos, reforçando a sua competitividade”, acrescenta a companhia aérea na mesma informação.

A companhia conta, atualmente, com dois novos A320neo, aos quais se juntam outros cinco Airbus A321neo e três Airbus A330neo.
LER +

SUBLIME COMPORTA INTEGRA VIRTUOSO

O Sublime Comporta Country Retreat & SPA foi convidado a integrar a Virtuoso, uma rede exclusiva de luxo no setor do Turismo.

De acordo com o comunicado do hotel, “a entrada na Virtuoso, composta por conselheiros membros de elevada reputação, veio precisamente demonstrar que os valores do Sublime Comporta estão em concordância com os desta rede: a dedicação aos clientes e excelência do serviço”.

Gonçalo Pessoa e Patrícia Trigo, proprietários da unidade, ” acreditam que esta entrada fortalece a oferta turística no segmento de luxo e consequentemente aumenta a notoriedade de Portugal e da Comporta”. Os responsáveis adiantam ainda que as novidades não se ficam por aqui. A unidade irá apresentar já no primeiro semestre deste ano mais novidades ao mercado o que permitirá oferecer comodidades e experiências “ainda mais especiais e que irão superar as expectativas de todos os clientes”.

O que começou por ser uma pequena casa de campo com 14 quartos e suites numa propriedade de 17 hectares, em 2014, tornou-se numa unidade hoteleira que, dois anos mais tarde, em 2016, já contava com mais 10 vilas T2 ao estilo “cabanas da Comporta”. Em 2018, foram construídas mais 12 vilas no ano.

A unidade conta atualmente com 81 quartos, suites e vilas de diferentes tipologias – T2, T3, T4 e T5-, um Spa, 3 restaurantes e um Jardim Orgânico que serve de apoio à cozinha do hotel e aos tratamentos de SPA.
LER +
destaque
destaque

HOTEL ORIENTAL REABRE APÓS RENOVAÇÃO

A segunda quinzena de fevereiro marcou a reabertura do Hotel Oriental, pertencente ao grupo AP Hotels e Resorts, na Praia da Rocha em Portimão.
Depois de um encerramento no inicio de 2019, o hotel apresenta-se ao público com algumas novidades, como as zonas públicas renovadas, sendo que o lobby e zona da receção apresentam uma decoração moderna.
Esta reabertura ao público marca o culminar de um processo que se iniciou aquando da aquisição da unidade em Dezembro 2015 pelo grupo AP Hotels & Resorts. Desde essa data, o Hotel Oriental tem sido alvo de renovações e melhoramentos anuais, onde se destaca a renovação total de todos os quartos bem como o novo restaurante, Syrah by Quinta de São Sebastião. Foram também realizados melhoramentos na extensão do terraço do Bar/Restaurante, um local com vista para a Praia da Rocha. O Hotel Oriental inaugurou também o Mandala Lounge Bar no Verão de 2017, que rapidamente se tornou num dos locais mais populares de entretenimento da Praia da Rocha.
LER +

TAP reforça ligação Porto/São Paulo Fevereiro 22, 2019

A partir de Junho a TAP vai aumentar o número de voos semanais entre as cidades do Porto e de São Paulo, no Brasil, para três ligações. Este é o segundo reforço das ligações partir da Invicta. O primeiro foi com o anúncio do aumento de ligações entre o Porto e Nova Iorque / Newark passando dos actuais dois voos por semana para seis voos semanais.

Os voos entre o Porto e São Paulo realizar-se-ão às terças, quintas e sábados, sendo que os bilhetes já estão à venda no site da companhia.

Com esta medida o Porto passa a conta com 288 frequências semanais operadas pela TAP. Destas 19 são rotas directas para o Brasil, Estados Unidos da América e Europa. Já as novas rotas (para Bruxelas, Lyon e Munique) representam um aumento de 34% de ligações directas do Porto à Europa, comparativamente com o ano passado.
LER +
destaque
destaque

FIL recebe Alimentaria&Horexpo

Entre 24 e 26 de Março a FIL, em Lisboa, recebe o salão internacional da alimentação, hotelaria e tecnologia para a indústria alimentar, a Alimentaria&Horexpo, que juntará mais de 800 expositores e 2.000 marcas.

Neste momento 95% do espaço já está adjudicado, com as empresas do sector da alimentação e bebidas a “ficarem” com 50% da área. Segue-se o sector de equipamentos, produtos e serviços para a hotelaria e restauração (30%) e ainda as empresas de maquinaria e equipamentos para a indústria alimentar (20%). Segundo a organização 50% das empresas já inscritas estarão pela primeira vez presentes no certame.

Durante os três dias serão debatidos os temas da actualidade e identificados os novos desafios para o sector. Simultaneamente, e segundo o comunicado da organização, decorrerá a 1.ª edição do Sushi Cup Portugal, o concurso que vai eleger o melhor ‘sushiman’ português e que representará o nosso país no concurso mundial no Japão”. A este junta-se o projecto ‘Live Innovation Hotel’, que irá mostrar soluções, produtos e serviços para o setor.

Para as empresas que estão a pensar internacionalizar a actividade poderão participar no programa ‘Hosted Buyers’, que tem como missão “assegurar a presença de profissionais de empresas internacionais com poder de decisão, dos sectores e produtos representados na feira”.
LER +

Emirates vai ter novo voo entre Porto e Dubai

A companhia aérea Emirates Airline vai lançar um novo voo entre Porto e Dubai (Emirados Árabes Unidos) no próximo dia 02 de julho com operação quatro vezes por semana por um Boeing 777-300 ER.

Em comunicado de imprensa, a Emirates, considerada a principal companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos, anuncia um novo voo entre o Dubai e Porto que vai ser operado às terças, quintas, sábados e domingos, partindo do Dubai às 09:15 e chegando ao Porto às 14:30.

O voo de regresso parte do Porto às 17:35 e aterra no Dubai às 04:15 da manhã seguinte.

Tim Clark, presidente da Emirates Airline, salientou que o Porto está actualmente a desfrutar de maiores níveis de turismo, o que acaba por se reflectir no crescimento do número de visitantes para Portugal como um todo.

– A introdução deste novo voo, juntamente com o nosso serviço de dois voos diários para Lisboa, ajudará a satisfazer esta crescente procura de passageiros que viajam em lazer e em negócios, bem como a proporcionar-lhes mais opções, maior flexibilidade e conectividade ao viajar para Portugal, explica Tim Clark.
LER +
destaque
destaque

Porto: taxa turística rendeu 20,4 milhões de euros

Em apenas 10 meses a taxa turística implementada no Porto (começou a ser cobrada em Março do ano passado) arrecadou 10,4 milhões de euros. O que, em termos de dormidas, se traduziu em mais de 5,2 milhões.

Sobre o tema Ricardo Valente, vereador da Economia, afirmou, na reunião pública camarária, que 2018 “foi m ano francamente positivo, quer em termos de receitas, quer em termos de dormidas e hóspedes. O Porto e a região tiveram um crescimento de 4,3% de hóspedes e as receitas cresceram perto de 12%. No Porto tivemos, em 2018, mais de 5,2% de dormidas, o que é verdadeiramente extraordinário”.

O vereador acrescentou que a actualmente 93% dos alojamentos turísticos existentes no concelho já se encontram na base de dados da autarquia. Sobre as plataformas online, como a Airbnb, o vereador referiu que esta entregou à autarquia 1,8 milhões de euros, sendo que este valor não inclui o mês de Dezembro.
LER +

HOTEL BRITANIA REFERIDO NO TELEGRAPH COMO UM DOS MAIS SURPREENDENTES HOTÉIS ART DECO DO MUNDO Por Carina Monteiro a 20 de Fevereiro de 2019 as 11:37

O Hotel Britania, em Lisboa, surge referido no artigo “The world’s most amazing Art Deco hotels”, publicado pelo jornal britânico Telegraph no passado dia 18 de Fevereiro. A publicação refere as características únicas da unidade, desde ter sido projectado nos anos 40 pelo arquitecto Cassiano Branco, ao original chão de cortiça dos quartos, passando pelo ambiente original Art Deco preservado até aos dias de hoje.

O Hotel Britania integra os Hoteis Heritage Lisboa que reúne unidades de charme localizadas no centro histórico de Lisboa, em antigas casas ou edifícios históricos. São cinco as unidades dos Hoteis Heritage Lisboa: As Janelas Verdes, Heritage Avenida Liberdade Hotel, Hotel Britania, Hotel Lisboa Plaza e Solar Do Castelo. – www.heritage.pt
LER +
destaque

FIM DE semana de Boas-vindas

Torne-se nosso associado e usufrua de um fim de semana de boas-vindas num hotel à sua escolha

+ INFO

Semana Anual

Torne-se nosso associado e usufrua de estadia num hotel à sua escolha todos os anos durante uma semana

+ INFO