GRUPO PATAMAR CORP - SUCURSAL EM PORTUGAL
AVENIDA DOUTOR ANTUNES GUIMARÃES, 178 4100-073 Porto Porto, Portugal
226104121 226109450 geral@patamar.pt PATAMAR, MARKETITUR, MIDAS. 449117364
José Miguel Gomes Monteiro
17-04-2012
Porto
5 1
980471877
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais
24-5-2019

BLUEWAYS APOSTA NO TURISMO NÁUTICO SUSTENTÁVEL NO ALTO MINHO

O Alto Minho passa este mês a contar com um novo projeto de turismo náutico sustentável, o BlueWays, iniciativa que “ambiciona desenvolver e promover percursos azuis que incentivem um turismo náutico sustentável em 10 municípios da região”.

Segundo um comunicado enviado à imprensa, o projeto, apresentado esta quinta-feira, 23 de maio, em Ponte da Barca, vai disponibilizar uma série de atividade náuticas nos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.

“Todos os municípios vão contar com atividades náuticas como Bodyboard, Canoagem, Canyoning, Kitesurf, Passeios de Barco, Rafting, Stand Up Paddle, Surf Windsurf, Pedestrianismo, Hidrospeed e Visitas a lagos e cascatas. Com o projeto, os municípios pretendem dar visibilidade à região, mostrando a qualidade do mar, dos rios e das montanhas do Alto Minho”, lê-se na informação disponibilizada.

O projeto, que decorre entre maio e outubro, vai também trazer “especialistas nacionais e internacionais a debater sobre o tema, ao mesmo tempo que assume um compromisso multissetorial e uma oportunidade única de projetar o Alto Minho para a sustentabilidade náutica com atividades no rio, no mar e na natureza”.

O posicionamento atual do Alto Minho enquanto destino de turismo náutico sustentável, exemplos de destinos com práticas sustentáveis ou momentos de “networking”, que reúnam os melhores casos de estudo de boas práticas no turismo sustentável, tanto a nível de alojamentos e operadores turísticos, como também a nível de governação, certificação ou monitorização, são alguns dos temas abordados.

“Cada Município estará focado numa modalidade diferente e responsável pela sua logística. A ideia é fornecer uma solução integrada, que potencie a região, respeite a natureza e que evidencie o melhor que cada concelho tem a oferecer”, acrescenta a informação.

O projeto conta com um financiamento de 350 mil euros e resulta de uma série de parcerias público-privadas, que visam “implementar as experiências da BlueWays e unir esforços para que o território, a natureza e as pessoas sejam valorizados de igual forma”.
BLUEWAYS APOSTA NO TURISMO NÁUTICO SUSTENTÁVEL NO ALTO MINHO


FIM DE semana de Boas-vindas

Torne-se nosso associado e usufrua de um fim de semana de boas-vindas num hotel à sua escolha

+ INFO

Semana Anual

Torne-se nosso associado e usufrua de estadia num hotel à sua escolha todos os anos durante uma semana

+ INFO